Moro parabeniza Deltan e espera que Lava Jato “possa prosseguir” sem ele

Angelo Sfair

eve uma liderança essencial para obter os resultados da Lava Jato e que os trabalhos seguirão da mesma fora sem a participação dele.

O ex-ministro e ex-juiz da Lava Jato em Curitiba, Sergio Moro, fez elogios ao procurador Deltan Dallagnol, que anunciou hoje (1º) a saída da coordenação da força-tarefa após seis anos à frente do grupo.

Segundo Moro, o procurador atuou com dedicação e liderou a operação que investiga crimes relacionados a um esquema de corrupção descoberto na Petrobras. “Apesar de sua saída por motivos pessoais, espero que o trabalho da FT [força-tarefa] possa prosseguir”, afirmou em sua conta no Twitter.

Sergio Moro e Deltan Dallagnol estiveram em evidência entre 2014 e 2018. Após a eleição de Jair Bolsonaro (sem partido) à presidência da República, o ex-juiz pediu exoneração do cargo para assumir o Ministério da Justiça e Segurança Pública, onde permaneceu até abril deste ano.

Por vezes, a atuação da dupla foi questionada por extrapolar o devido processo legal.

Uma série de reportagens do jornal The Intercept Brasil revelou que Moro assumiu um papel que não lhe cabia como magistrado. Conforme a apuração, ele não só julgava as ações, como também atuava em parceria como o MPF (Ministério Público Federal), orientando e, em alguns casos, liderando os procuradores.

DELTAN DALLAGNOL DEIXA COMANDA DA LAVA JATO EM CURITIBA

O procurador da República Deltan Dallagnol confirmou nesta terça-feira (1º) que deixará o comando da força-tarefa da Lava Jato no Paraná após seis anos. O posto será ocupado pelo procurador Alessandro José Fernandes de Oliveira.

O processo de transição deve levar 15 dias. Oficialmente, a versão apresentada por Dallagnol é de que ele precisa de mais tempo para se dedicar ao tratamento de saúde da filha.

Em nota, o MPF (Ministério Público Federal) afirmou que o procurador assumiu um papel de liderança essencial para obter os resultados da Lava Jato, e que os trabalhos seguirão da mesma fora sem a participação dele.

Previous ArticleNext Article