Política
Compartilhar

Após dois meses fora do ar, site e serviços do TCE são restabelecidos

Segundo o órgão, uma tentativa de ataque hacker levou à suspensão dos acessos. Não houve perdas ou vazamentos de informações

Redação - 11 de julho de 2022, 17:29

Durante quase 60 dias, o site do TCE-PR ficou indisponível, assim como os serviços ligados a ele (Foto: Reprodução/TCE-PR)
Durante quase 60 dias, o site do TCE-PR ficou indisponível, assim como os serviços ligados a ele (Foto: Reprodução/TCE-PR)

Fora do ar desde o dia 13 de maio, após uma tentativa de site hacker, o site do TCE-PR (Tribunal de Contas do Estado do Paraná) foi restabelecido parcialmente nesta segunda-feira (11). Dessa forma, os serviços associados ao endereço eletrônico também foram retomados.

Segundo o órgão, se trata de "mais uma etapa no restabelecimento gradual e seguro dos sistemas após o registro de atividades maliciosas detectados na infraestrutura tecnológica da Casa". O caso é investigado pelo Nuciber (Núcleo de Combate ao Cibercrime), da Polícia Civil do Paraná.

O TCE-PR reforça que o incidente detectado no dia 13 de maio não causou perda ou vazamentos de dados internos ou de jurisdicionados ao Tribunal de Contas.

No período em que o site ficou fora do ar, a maior parte dos serviços essenciais, como a emissão de certidões, foi disponibilizada por e-mail. Também foram mantidos os trabalhos de fiscalização e a realização de cursos presenciais e via plataforma Teams, pela Escola de Gestão Pública do Tribunal.

Na quarta-feira (13), o Tribunal Pleno volta a discutir as medidas urgentes internas e também aquelas solicitadas pelos jurisdicionados. Entre esses expedientes estão medidas cautelares, alguns tipos de recursos e os atos normativos imprescindíveis para atuação do TCE.

Os prazos processuais, o peticionamento geral e as sessões ordinárias de julgamento realizadas pelos órgãos deliberativos do TCE-PR – Primeira e Segunda Câmaras e Tribunal Pleno – seguem suspensas até sexta-feira (15) e devem ser retomados na semana que vem.