Temer classifica reforma da Previdência como ato de coragem

Mariana Ohde


O presidente Michel Temer classificou a reforma da previdência como um ato de coragem. As declarações foram feitas durante a entrega do 6º Prêmio Líderes do Brasil, do grupo Lide, em São Paulo.

“Eu apreciaria imensamente não ser muitas vezes vergastado, chicoteado pelas redes sociais porque nós propusemos aquilo que é fundamental para o país, que é uma reforma da Previdência Social. Nós não estamos pensando em nós, nós estamos pensando naqueles que virão, nós precisamos reformar a Previdência hoje para garantir a Previdência amanhã. E por isso nós temos coragem”, disse.

Segundo Temer, neste momento, é preciso coragem no Brasil. “Coragem para fazer coisas aparentemente impopulares, mas que gerarão popularidade logo ali adiante”, disse , ao acrescentar que “gostaria imensamente de poder apanhar tudo que estivesse na burra do estado” e fazer seu governo.

Delações na Lava Jato

O presidente Temer também disse que pediu ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que “se houver delitos, malfeitos, que venham todos à luz de uma única vez”, referindo-se a informações divulgadas sobre delações de executivos da Odebrecht no âmbito da Operação Lava Jato, que envolvem nomes de diversos políticos.

Temer disse que vazamentos de procedimentos de delação, quando ainda não completados e homologados, poderiam paralisar o país. “O Brasil precisa resolver isso imediatamente, não pode aquietar-se em face daquilo que é mal produzido, mas também não pode, como aqui foi dito, paralisar as suas atividades” disse.

Premiação

Na ocasião, o presidente recebeu o prêmio “Líder do Brasil” e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, recebeu uma homenagem do setor público. O governador paulista Geraldo Alckimin e o prefeito eleito João Dória participaram do evento, além dos ministros Alexandre de Moraes (Justiça), Bruno Araújo (Cidades) e Mendonça Filho (Educação).

“Em função deste prêmio, nós vamos passar os dois anos [de governo], nós vamos colocar o Brasil nos trilhos para aquele que vier depois. O Brasil vai vencer”, disse.

 

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="403083" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]