Política
Compartilhar

Temer coloca deputado paranaense no Ministério da Justiça

O presidente Michel Temer (PMDB) escolheu o deputado paranaense Osmar Serraglio (PMDB) para assumir o cargo de ministro ..

Fernando Garcel - 23 de fevereiro de 2017, 15:43

O presidente Michel Temer (PMDB) escolheu o deputado paranaense Osmar Serraglio (PMDB) para assumir o cargo de ministro da Justiça no lugar de Alexandre de Moraes, que assumirá uma cadeira no STF (Supremo Tribunal Federal). De acordo com o UOL, Temer deve fazer o anúncio nas próximas horas.

O deputado Osmar Serraglio foi presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara e comandou a comissão na época em que o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi cassado.

Com a confirmação, Temer atende as pressões do partido para que haja mais representação de políticos do PMDB no governo, que perdeu espaço para o PSDB na composição.

> Sete paranaenses estão entre “Cabeças do Congresso Nacional”

Formado em Direito em Curitiba e mestre na área pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Serraglio tem 68 anos e está no quinto mandato de deputado federal consecutivo.

> “Eles não queriam privatizar porque precisavam de um lugar para roubar”, dispara Serraglio

O vice-líder do governo na Câmara, Darcisio Perondi (PMDB-RS), afirmou que a escolha de Serraglio para comandar o ministério agradou à maior parte da bancada do PMDB. De acordo com Perondi, o Palácio do Planalto deve anunciar oficialmente o nome de Osmar Serraglio para a pasta no início da noite de hoje. Ontem (22), Serraglio encontrou-se com o presidente Michel Temer.

“O presidente Michel Temer foi muito feliz na escolha de Serraglio. Agradou muito aos deputados do PMDB. Serraglio é um jurista, está preparado para o cargo e é muito estudioso. Foi relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPMI) dos Correios e do Mensalão”, acrescentou Perondi.