Política
Compartilhar

Temer diz que gravar conversas com presidente é indigno e gravíssimo

O presidente Michel Temer (PMDB) afirmou considerar indignas as supostas gravações feitas pelo ex-ministro da Cultura Ma..

Julie Gelenski - 27 de novembro de 2016, 21:23

O presidente Michel Temer (PMDB) afirmou considerar indignas as supostas gravações feitas pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero de conversas mantidas entre os dois sobre o ex-ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República Geddel Vieira Lima (PMDB), que pediu demissão na última sexta-feira (25).

"Eu, com toda franqueza, acho gravar clandestinamente é sempre algo desarrazoável, quase indigno. Eu diria mesmo indigno", disse Temer neste domingo (27) durante entrevista coletiva realizada no Palácio do Planalto.