TJ mantém condenação de ex-vereadora acusada de “rachadinha”

CBN Curitiba

vereadora rachadinha curitiba condenação

O Tribunal de Justiça do Paraná, por meio da 2ª Câmara Criminal, confirmou a condenação da ex-vereadora Kátia Dittrich, conhecida como Kátia dos Animais de Rua, pelo crime de concussão, quando uma pessoa com cargo público utiliza a função para alguma vantagem indevida. No caso, recebimento de parte de salários de funcionários, a chamada rachadinha. Ela foi condenada a cinco anos e meio de prisão, com parte a ser cumprida em regime fechado, mas a defesa havia entrado com embargos de declaração para tentar evitar a pena inicialmente pedida pela Justiça.

Kátia Dittrich foi condenada por infração ocorrida no período em que estava na Câmara Municipal de Curitiba e a denúncia foi apresentada pela Ministério Público. A ex-vereadora, segundo a promotoria, exigia a devolução de parte dos salários dos assessores lotados no gabinete no início do mandato, em 2017. Ela nega as acusações.

 

Para defesa da vereadora condenada por rachadinha, regime fechado é excessivo

Procurado pela CBN Curitiba, o advogado Dante Bruno D´Aquino, que defende a ex-vereadora, informou que considera que o regime inicial fechado para o cumprimento da pena é excessivo e que vai recorrer ao Superior Tribunal de Justiça.

A decisão do Tribunal de Justiça, a partir da relatoria do desembargador José Maurício Pinto de Almeida, ocorreu após apelação da defesa. No início de 2020, Kátia Dittrich foi condenada pela 11ª Vara Criminal de Curitiba.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="786447" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]