TJ julga condenações de envolvidos em esquema de desvio de dinheiro

Andreza Rossini


Com BandNews Curitiba

O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) deve definir nesta quinta-feira (24) se mantém a condenação dos dois ex-funcionários da Assembleia Legislativa do Estado (Alep), que teriam sido beneficiados no esquema que ficou conhecido como Diários Secretos.

De acordo com o Ministério Público do Paraná, a contratação de funcionários fantasmas na Casa gerou um prejuízo aos cofres públicos de R$ 250 milhões. Os dois ex-funcionários já foram condenados em primeira instância a quase 19 anos de reclusão pelos crimes de formação de quadrilha, peculato e lavagem de dinheiro.

Ambos entraram com recurso junto ao TJ. Caso os desembargadores confirmem as sentenças, eles poderão ser presos imediatamente, devido uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que agora considera possível a prisão de réus condenados em segunda instância.

De acordo com a denúncia, o presidente da Assembleia à época, o deputado Nelson Justus (DEM) era o responsável por assinar as nomeações de comissionados fantasmas, que nunca chegaram a atuar nas funções. As nomeações eram publicadas em diários oficiais com circulação restrita. A ação aberta contra Justus ainda não foi julgada.

Segundo os promotores, o deputado chegou a contar com 345 servidores comissionados simultaneamente. Assim que o deputado assumiu o cargo, o gasto com funcionários aumentou mais do que oito vezes. O custo mensal passou, no ano de 2007, de R$ 83 mil para R$ 686 mil. E os gastos não pararam de subir. Dois anos depois, em 2009, eram gastos com dinheiro público mais de R$ 1 milhão para arcar com os comissionados de Nelson Justus.

O caso veio à tona em março de 2010, depois da veiculação de uma série de reportagens intitulada Diários Secretos.

Além do ex-presidente da Assembleia, outras 31 pessoas ligadas a ele também são denunciadas nesta mesma investigação.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="450379" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]