Torquato Jardim é nomeado ministro da Justiça

Mariana Ohde


O Palácio do Planalto informou, neste domingo (28), que o presidente Michel Temer decidiu nomear Torquato Jardim ministro da Justiça. Jardim comandava o Ministério da Transparência desde dezembro de 2016.

Leia a nota na íntegra:

Nota à Imprensa

O Presidente da República decidiu, na tarde de hoje, nomear para o Ministério da Justiça e Segurança Pública o Professor Torquato Jardim. Ao anunciar o nome do novo Ministro, o Presidente Michel Temer agradece o empenho e o trabalho realizado pelo Deputado Osmar Serraglio à frente do Ministério, com cuja colaboração tenciona contar a partir de agora em outras atividades em favor do Brasil.

Secom/PR

Osmar Serraglio estava no Ministério da Justiça desde março. Durante a tarde, o Planalto anunciou que ele ocupará o cargo de Jardim no Ministério da Transparência.

Rocha Loures

Durante o dia, houve rumores de que Serraglio poderia voltar ao cargo de deputado federal, com isso, o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), que era seu suplente, perderia o foro privilegiado. Rocha Loures é investigado na Operação Patmos.

 

Operação Carne Fraca

Serraglio, novo ministro da Transparência, foi citado na Operação Carne Fraca, deflagrada em março deste ano. Uma doação eleitoral de R$ 200 mil feita pela JBS para a sua campanha a deputado federal em 2014 é alvo da operação. Sobre a doação, Serraglio afirma que o valor foi repassado pelo diretório nacional do PMDB e foi registrado na prestação de contas da campanha.

Torquato Jardim

Advogado e ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Jardim assumiu em junho do ano passado o Ministério da Transparência e Controle no lugar de Fabiano Silveira, que deixou o cargo depois da divulgação de conversas gravadas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado fazendo referências à Operação Lava Jato.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal