TRE-PR anuncia data de eleições suplementares após morte de prefeito e vice de Piên

William Bittar - CBN Curitiba

As eleições suplementares acontecem por conta da morte do prefeito e do vice-prefeito do município. Estarão aptos a votar os eleitores constantes do Cadastro Eleitoral em situação regular e com domicílio eleitoral em Piên até 17 de outubro de 2018.

A partir de 04 de fevereiro de 2019 até a diplomação dos eleitos, o Cartório Eleitoral envolvido e a Secretaria do Tribunal funcionarão em regime de plantão, aos sábados, domingos e feriados, das 13 às 17 horas.

Dreveck assassinado e Livino morre por câncer


Ainda em dezembro de 2016, logo após vencer as eleições municipais, o prefeito eleito Loir Dreveck foi assassinado.

O então ex-prefeito Gilberto Dranka, o ex-presidente da Câmara Municipal Leonides Mahs e mais duas pessoas foram acusadas de tramar a morte de Dreveck por divergências políticas.

Dranka foi preso no dia 31 de janeiro de 2017, escondido no forro da própria casa, em uma operação do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), unidade de elite da Polícia Civil.

Gilberto Dranka e Leonides Mahs receberam liberdade provisória da Justiça em fevereiro de 2018, após decisão da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná e aguardam em liberdade o júri popular.

Já em 20 novembro de 2018, Livino Tureck, de 54 anos, vice de Dreveck e que assumiu a prefeitura em janeiro de 2017, morreu por conta de um câncer na garganta.

Ele estava internado desde o dia 09 de novembro quando passou por uma cirurgia de emergência no Hospital Erasto Gaertner, em Curitiba.

Até a realização do pleito, a prefeitura de Piên está a cargo do presidente da Câmara Municipal Eduardo Pires Ferreira.

 

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook