Trump diz que acompanha de perto protestos no Irã: “o mundo está assistindo”

Vinicius Cordeiro

trump estados unidos irã protestos

O presidente Donald Trump, dos Estados Unidos, disse neste sábado (11) que está acompanhando “de perto” as manifestações de iranianos contra o próprio governo. De acordo com a agência de notícias Fars, manifestantes em Teerã têm entoado cantos de protesto após o presidente do Irã, Hassan Rouhani, admitir ter abatido o avião ucraniano com um míssil.

O episódio selou a morte dos 176 passageiros da aeronave.

“Para o corajoso e sofrido povo do Irã: estou ao seu lado desde o início da minha presidência, e meu governo continuará ao seu lado. Estamos acompanhando seus protestos de perto e somos inspirados por sua coragem”, disse Trump.

“O governo do Irã deve permitir que grupos de direitos humanos monitorem e reportem fatos do terreno sobre os protestos em andamento do povo iraniano. Não pode haver outro massacre de manifestantes pacíficos, nem um desligamento da Internet. O mundo está assistindo”, completou.

Ontem (10), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, prometeu uma resposta caso o governo iraniano fosse o culpado pela queda da aeronave. “Estou confiante que nós e o mundo vamos tomar ações para responder“, declarou.

Vale lembrar que os iranianos negavam o fato e classificaram as alegações como ‘rumores ilógicos’. Contudo, o Canadá, ao lado do Reino Unido e dos Estados Unidos, já tinham revelado ter informações sobre o envolvimento iraniano. Inclusive o New York Times, jornal americano, publicou um vídeo do momento que o avião é atingido.

Além disso, os americanos vão aplicando sanções econômicas ao Irã para o país deixar de ter “dezenas de bilhões de dólares” que seriam usados em “atividades terroristas”.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="678496" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]