Covid-19: Paraná receberá mais 146,8 mil vacinas, diz Secretaria

Redação

Sem insumo, entrega da Coronavac em junho pode sofrer impacto, diz diretor do Butantan

O Paraná receberá amanhã (3) mais 146,8 mil doses da CoronaVac, a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. A informação foi confirmada hoje (2) pelo Ministério da Saúde.

De acordo com a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná), as doses chegarão às 8h30 desta terça-feira (3) no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

A remessa faz parte de um novo lote de 1,9 milhão de doses da CoronaVac que foram encaminhadas pelo Instituto Butantan ao governo federal.

Até o momento, o Paraná conta com 706.200 doses de vacinas repassadas pelo Ministério da Saúde. Com a novo lote, o total chegará a pouco mais de 850 mil vacinas contra Covid-19.

O valor é inferior ao repassado pelo governo federal ao Rio Grande do Sul, que tem uma população menor do que a do Paraná, segundo projeções do IBGE. A discrepância nos repasses federais ainda não foi explicada pelo Ministério da Saúde.

Hoje (3), o Paraná alcançou a marca de 317 mil vacinados com, pelo menos, uma dose de vacina contra a Covid-19. O valor corresponde a menos de 3% do total da população, estimada em 11 milhões de habitantes.

A imunidade coletiva, também chamada de “imunidade de rebanho”, é fundamental para estabelecer níveis seguros para a reabertura do comércio e dos serviços. Por isso, a importância de uma vacinação rápida e eficiente.

Ainda não há consenso entre a comunidade científica internacional de qual porcentual é necessário para atingir tal condições. Estudos conduzidos mundo afora apontam para uma janela de imunização entre 20% e 70%, a depender do grupo imunizado.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="748692" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]