Política
Compartilhar

Vice de Greca afirma que declaração sobre pobres foi manipulada

Em entrevista na manhã deste domingo eleitoral, em Curitiba, Eduardo Pimentel (PSDB), candidato a vice prefeito na chapa..

Andreza Rossini - 02 de outubro de 2016, 11:33

Em entrevista na manhã deste domingo eleitoral, em Curitiba, Eduardo Pimentel (PSDB), candidato a vice prefeito na chapa de Rafael Greca (PMN), afirmou que a queda de 45% para 30% nas intenções de votos ao candidato, apontado pela pesquisa do Ibope (PR-05284/2016), se deve a declaração de que quando "carregou" pobre em seu carro vomitou por causa do cheiro.

• Justiça nega pedido de Greca para barrar vídeo em que ele diz ter 'vomitado com cheiro de pobre'

De acordo com Pimentel, o trecho foi divulgado com má fé, não contextualizando uma história que teria sido contada pelo candidato, durante sabatina realizada na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

A afirmação de Greca aconteceu após a pergunta do professor Otto Leopoldo Winck, da Escola de Educação e Humanidades, que questionou se o candidato teria soluções para o aumento de moradores rua na capital.

Como resposta, Greca cita o Papa Francisco e diz que "o governo tem que centrar sua atenção ao resgate social e apoio aos mais pobres para superarem a crise", mas disse que nunca cuidou dos pobres e que "não é São Francisco de Assis".

"No meu convívio com as irmãs de caridade - eu nunca cuidei dos pobres, eu não sou São Francisco de Assis - até porque a primeira vez que eu tentei 'carregar' um pobre em meu carro, eu vomitei por causa do cheiro", disse Greca