Volta às aulas Paraná: Governo investiu R$ 5,9 milhões em equipamentos de segurança

Redação

Volta às aulas Paraná: Governo investiu R$ 5,9 milhões em equipamentos de segurança

O governo do Paraná investiu R$ 5,9 milhões em equipamentos de segurança para a volta às aulas em 2021. Entre os materiais adquiridos estão álcool em gel, álcool líquido, termômetros e máscaras de tecido.

Segundo a Seed (Secretaria de Estado da Educação e do Esporte), 95% das escolas estaduais já receberam os itens, que garantem segurança aos profissionais e alunos para dar início ao ano letivo.

Os recursos para essas compras vêm do fundo rotativo, verba liberada mensalmente para as escolas, destinada à aquisição de materiais e à execução de pequenos reparos.

COMO VAI FUNCIONAR O ANO LETIVO NOS COLÉGIOS ESTADUAIS EM 2021?

Com início previsto para 18 de fevereiro, o ano letivo nos colégios do Paraná terá formato híbrido, com parte dos alunos assistindo às aulas de forma presencial nas escolas, enquanto o restante dos estudantes acompanha a mesma aula de maneira remota, simultaneamente.

Conforme a Seed, aqueles alunos que não têm acesso à internet ou a aparelhos eletrônicos, e que tiveram que buscar atividades impressas nas escolas ao longo de 2020, têm preferência para a aula presencial. Os demais participarão do revezamento, desde que haja autorização dos pais ou responsáveis legais.

Ao chegar à escola, todos os alunos terão suas temperaturas medidas. O uso de máscara é obrigatório, assim como a disponibilização de álcool em gel e o distanciamento mínimo de 1,5 metro dentro das salas. A capacidade de cada sala de aula será limitada ao máximo de 50% de ocupação (o percentual vai depender do tamanho da sala).

VOLTA ÀS AULAS NO PARANÁ

Para a volta às aulas no Paraná, o governo adquiriu -até essa quarta-feira (13)- 21,8 mil galões de 5 litros de álcool em gel; 25,1 mil galões de 5 litros de álcool líquido 70%; 6,9 mil termômetros; 31,7 mil dispensers e 16,3 mil macacões para equipes de limpeza. Além disso, 2,1 milhões de máscaras de tecido serão entregues aos estudantes (duas para cada).

Além disso, foram adquiridos luvas e botas para profissionais de limpeza e fitas adesivas para orientar o distanciamento em salas de aula e espaços comuns. Conforme a secretaria, os diretores de cada escola têm liberdade para implementar medidas adicionais de segurança e ampliar os cuidados para prevenção da Covid-19 na volta às aulas no Paraná.

Volta às aulas Paraná: Governo investiu R$ 5,9 milhões em equipamentos de segurança
Divulgação/Seed

EDUCAR PARA PREVENIR

O ano letivo de 2021 contará com o programa “Educar para Prevenir”, que é uma parceria entre as secretarias da Educação e da Saúde. O projeto vai levar orientações sobre doenças, como prevenção e cuidados, para dentro da grade escolar dos alunos.

De acordo com o planejamento, entre 10% e 15% do conteúdo de Ciências para alunos do Ensino Fundamental nos anos finais e de Biologia no Ensino Médio abordarão o tema.

A ação se dará uma vez por semana, com objetivo de tornar a escola agente de disseminação de informação sobre prevenção de doenças, inicialmente com foco na pandemia do novo coronavírus e depois expandindo para outras doenças endêmicas e doenças crônicas não degenerativas.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="739067" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]