Made In Brazil arrasta veteranos ao Crazy Pub

André Molina


A banda cinquentenária Made In Brazil deu mais uma aula de rock ‘n’ roll nesta sexta-feira (08 de abril) em Curitiba. O grupo dos irmãos Oswaldo e Celso Vecchione se apresentou na nova casa de shows Crazy Pub, onde arrastou veteranos fãs do rock tradicional brasileiro da década de 70.

Além de desfilar clássicos que compõem a vasta discografia, o Made aproveitou para divulgar o disco “Massacre”, que foi censurado em 1977 pelo regime militar e só saiu em 2005.  Recentemente o trabalho foi lançado em vinil.

“O disco ficou engavetado mais de 30 anos. Nove canções foram censuradas. Era para ter sido o terceiro disco do Made, depois do ‘Jack Estripador’ e do primeiro”, afirma Oswaldo Vecchione.

O cantor e baixista argumenta ainda que a capa do disco causou polêmica na época. “A capa com o tanque de guerra sobre o título ‘Massacre’ soou como provocação à ditadura. Para fazer o show precisamos trocar nove musicas do set list”, argumenta.

Na apresentação realizada no porão do Crazy Pub, o Made tocou canções como “Vou Te Virar de Ponta Cabeça”, “Gasolina”, “Jack Estripador”, “Paulicéia Desvairada”, “Uma Banda Made in Brazil”, “Os Bons Tempos Voltaram”, “Minha Vida é Rock ‘N’ Roll” e outras em quase duas horas de blues e rock visceral. Vala mencionar que prestigiaram o show o Carlão e o Orlando Azevedo,  que fizeram parte da lendária banda setentista de Curitiba, “A Chave”.

Antes do Made subir ao palco, houve a abertura do show com o Black Night, que executou um repertório composto por clássicos do rock.

No sábado (09), a banda seguiu para Telêmaco Borba para cumprir a segunda data da extensão da turnê no Paraná.

Na ocasião, a direção da casa argumentou que o show do Made é apenas o primeiro de uma série que acontecerá com importantes bandas do cenário nacional. Vamos aguardar!

Merchandising

E quem estava mais preparado financeiramente também pode adquirir diversos itens do merchandising oficial da banda como camisetas, DVDs e toda a discografia do grupo, que não é muito fácil de encontrar em lojas. Uma tentação para os fãs mais fieis do Made.

 

 

Foto: Assessoria Crazy Pubandre.molina

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="495761" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]