Motorista do acidente na BR-476 que matou 5 pessoas está foragido

Fernando Garcel


O motorista Douglas Henriques Costa Gomes, de 21 anos, que fugiu de um acidente com cinco mortos, na manhã do último domingo (5), é considerado foragido. A prisão preventiva foi decretada pela Justiça na sexta-feira (10), mas ele não foi encontrado no endereço que havia fornecido à polícia.

A polícia ainda não concluiu o inquérito, que deve ser entregue na próxima semana, mas ele deve ser indiciado por crimes de homicídio doloso, quando se assume o risco de matar, omissão de socorro e evasão de local de acidente, por ele ter fugido logo após o momento da colisão, e por embriaguez ao volante. Ele não foi autuado em flagrante porque fugiu do local.

“Nas três primeiras horas do dia, nós tivemos no endereço que ele forneceu quando foi interrogado e no local não tinha ninguém”, diz o delegado de Delitos de Trânsito (Dedetran) Anderson Franco.

Imagens de câmeras de segurança do local onde ele estava antes de pegar a estrada mostram que o motorista bebeu antes dirigir. Um dos sobreviventes do acidente também confirmou, no depoimento prestado à polícia, que Douglas ingeriu bebida alcoólica naquela noite.

[insertmedia id=”IdJVVW2ce-E”]

A consumação dele e dos três amigos, incluindo dois que morreram no acidente, foi entregue à polícia pela casa noturna. O documento indica que o grupo consumiu ao menos uma garrafa de vodka, segundo o delegado Anderson Franco.

“Ele afirmou que teria adquirido a bebida alcoólica na comanda dele, mas que os amigos que teriam consumido. Um dos amigos confirmou que ele [Douglas] também ingeriu bebidas alcoólicas. Nós temos duas testemunhas e as imagens da casa noturna que vão confirmar uma das versões”, disse o delegado.

Acidente

Douglas Gomes e os três amigos estavam em um Citroen Picasso, que seguia no sentido Fazenda Rio Grande da Linha Verde, em Curitiba. Gomes perdeu o controle do veículo, que cruzou a pista e capotou várias vezes até atingir o outro veículo que seguia no sentido contrário. Os dois carros pegaram fogo, matando cinco ocupantes carbonizados.

Junto com Douglas Gomes, que dirigia o carro, estavam Douglas Eduardo da Silva de Miranda, de 20 anos; e Lucas Batista dos Santos, de 24 anos. Os dois morreram no acidente. O sobrevivente que ficou ferido é João Paulo Jacques Marques, de 18 anos, que foi encaminhado pelo Siate ao Hospital Evangélico.

No outro veículo estavam José Aparecido Gomes dos Reis, 46 anos; Douglas dos Santos, de 23 anos; e Gabriel Cardoso de Lima, de 20 anos. Os três morreram carbonizados. Eles eram funcionários de terceiro turno da empresa Alfa Transportes, que fica no bairro Campo do Santana, a alguns quilômetros do local do acidente.

 

Previous ArticleNext Article