Polícia investiga estupro durante festa universitária

Fernando Garcel


A Polícia Civil investiga o caso de um suposto estupro contra uma estudante peruana da Universidade Federal da Integração Latino-americana (Unila), em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná. O crime teria acontecido enquanto a jovem estava inconsciente durante uma festa universitária, entre a noite de sábado e a madrugada de domingo (19).

Segundo a Polícia Militar (PM), a vítima teria abusado de bebidas alcoólicas e foi levada para um quarto por amigas. Em um segundo momento, as estudantes teriam ido verificar o estado de saúde da colega e encontrado o suspeito que teria cometido o crime. “A vítima manifestou o interesse em representar, embora estivesse inconsciente”, afirma o Tenente Veiga.

Senado aprova PEC que torna estupro crime imprescritível

Todos os envolvidos foram encaminhados à Polícia Civil. Por conta do estado da jovem, o caso será investigado pela Delegacia da Mulher. Na manhã desta segunda-feira, a vítima fez exames que poderão comprovar se houve abuso sexual. Se o crime for confirmado, o suspeito vai responder pela pratica de crime de estupro de vulnerável.

[insertmedia id=”5O3INM_P_7w”]

Leia também:

Homem é condenado a 116 anos e 8 meses de prisão por estupro de vulneráveis
Ex-BBB é condenado a 12 anos de prisão por estupro de vulnerável
Manifestação contra PEC que proíbe aborto em caso de estupro reuniu 700 em Curitiba

Previous ArticleNext Article