Cinco pessoas morreram nas estradas estaduais no feriado

Mariana Ohde


Em cinco dias de feriado, foram registrados 96 acidentes, cinco mortes e 84 feridos nas estradas estaduais. Os números são da operação do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv).

Foram registradas sete infrações de trânsito pelo Art. 165 e seis infrações pelo Art. 306 (crime de embriaguez), além de 871 testes etilométricos, 2.028 autuações, 5584 imagens de radar e 58 veículos foram retidos.

Em comparação com o ano anterior, o número de acidentes caiu 6,8% e o de mortes caiu pela metade. Já as autuações subiram em 29,6% e imagens de radar em 426%. Os dias 2, 4 e 5 de novembro registraram o maior número de acidentes (22 em cada).

No sábado (4) houve o maior número de mortes (2), quarta-feira (1º) de testes etilométricos (338), quinta-feira (2) de autuações (522) e no domingo (5) de feridos (25) e imagens de radar (1.646).

Segundo o tenente Tiago Brigagao Croce de Moura, do BPRv, as estatísticas demonstram que a maior parte dos acidentes é causada pela imprudência dos motoristas que não respeitam a sinalização, ultrapassam na faixa contínua, excedem a velocidade máxima permitida na via e consomem bebida alcoólica antes de dirigir.

O tenente Croce explica, ainda, que os policiais acompanharam o fluxo de veículos e reforçaram a fiscalização ao longo dos mais de 12,8 mil km de rodovias estaduais. “As equipes atuaram em pontos estratégicos nos locais e horários de maior incidência de acidentes graves, bem como desenvolveram atividades rotineiras de verificação de documentação e de infrações de trânsito rodoviário”, destaca.

Estradas federais

Já nas estradas federais, dez pessoas morreram em acidentes durante o feriado prolongado de Finados no Paraná. Outras 115 pessoas ficaram feridas. O balanço é da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Entre quarta-feira (1º) e domingo (5), a PRF atendeu 125 acidentes no estado. 75 motoristas foram flagrados dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas, foram registradas 524 manobras de ultrapassagens proibidas e 6.285 veículos acima dos limites máximos de velocidade.

 Além do excesso de velocidade, falta de atenção foi outra causa dos acidentes que resultaram em mortes durante o feriado prolongado no Paraná.

Das dez mortes registradas, cinco aconteceram em um único acidente, no início da manhã de domingo (5), em Curitiba. Um veículo Citroën Xsara Picasso que transitava pela Linha Verde no sentido Fazenda Rio Grande invadiu a pista contrária e atingiu um Ford Corcel II que transitava no sentido Colombo.

Todos os três ocupantes do Corcel ficaram presos nas ferragens e morreram no local. Dois dos quatro ocupantes do Picasso também morreram. Os carros pegaram fogo. O Corcel ficou esmagado, sob o outro veículo.WhatsApp Image 2017-11-05 at 20.31.17

Um passageiro do Picasso foi socorrido e encaminhado ao Hospital Evangélico, em Curitiba. O motorista, que fugiu do local do acidente, responderá a princípio pelos crimes de homicídio e omissão de socorro. Ele já foi identificado.

Em outro caso de destaque, um dos radares portáteis da PRF flagrou um automóvel a 219 km/h na tarde de domingo em Cascavel, na BR-467. A velocidade é praticamente o dobro limite máximo, de de 110 km/h.

O proprietário do veículo receberá uma multa no valor de R$ 880 e o condutor terá seu direito de dirigir suspenso por um período de dois a oito meses.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal