Justiça aceita denúncia contra irmãos acusados de matar youtuber

Mariana Ohde


A Justiça aceitou a denúncia do Ministério Público do Paraná (MPF) contra os irmãos Everton e Cleverson Vargas, acusados de matar a modelo e youtuber Isabelly Cristine Santos, de 14 anos.

Com isso, os dois irmãos viraram réus no processo. A juíza Bianca Bacci Bisseto, da Vara Criminal de Pontal do Paraná, aceitou a denúncia na tarde de ontem (2).

Isabelly foi morta na madrugada do dia 14 de fevereiro, na PR-412, em Pontal do Paraná.

De acordo com a denúncia, Everton vai responder pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil ou torpe e também pelo porte ilegal de arma, já que ele tinha o registro do armamento, mas não o porte.

Já Cleverson Vargas, que dirigia o veículo, vai responder por homicídio qualificado, mas como partícipe, e por embriaguez ao volante.

Os dois assumiram que beberam e as comandas apontaram que eles consumiram 8 garrafas de cerveja antes do crime acontecer.

Os acusados estão presos no Centro de Triagem de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. Se forem condenados pelo crime de homicídio qualificado, os irmãos podem ter uma pena de 12 a 30 anos de prisão.

Para a defesa de Everton e Cleverson Vargas, o acolhimento da denúncia não traz surpresa. Segundo o advogado Cláudio Dalledone Júnior, o curso do processo será o campo da ampla defesa dos irmãos.

“E é neste momento que poderemos trazer a luz dos fato, de todas as provas e evidências que mostram que os irmãos Vargas agiram em legítima defesa, agiram por temer um assalto”, disse Dalledone.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal