Curitiba tem feira de hortifrutigranjeiros nesta segunda-feira

Mariana Ohde


O calçadão da Rua XV, no Centro de Curitiba, recebe, nesta segunda-feira (16), uma feira de hortifrutigranjeiros. Entre os produtos oferecidos nos cinco traillers de feirantes, estarão frutas e verduras orgânicas, ou seja, sem agrotóxicos.

Além da venda dos alimentos, os visitantes também terão aulas de como preparar refeições com ingredientes nutritivos, descobrir como aproveitar todas as partes do alimento e até se inspirar a plantar dentro de casa uma pequena horta repleta de ervas e hortaliças.

Haverá ainda orientações sobre consumo consciente, cuidados com a água, separação do lixo e reciclagem.

As ações fazem parte de um evento promovido pelo Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Curitiba (Consea), em comemoração ao Dia Mundial da Alimentação.

“Do plantio, passando pela distribuição e venda, até o consumo e o descarte, todas essas etapas fazem parte do ciclo do alimento. Mas este processo precisa ser aprimorado com uma grande mobilização de toda a população e, por isso, promovemos há 12 anos este evento”, destaca Regina Maria Ferreira Lang, presidente do Consea

“Orientar a população sobre a participação dela no ciclo do alimento é fundamental, pois é preciso rever não apenas como todos nós compramos e consumimos os alimentos, como destinamos os resíduos gerados, mas também a forma de como é plantado, distribuído e vendido os alimentos”, reforça o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Luiz Gusi.

A programação vai das 9h às 18h.

Consumo consciente

Durante o evento, as nutricionistas do Departamento de Educação Alimentar da Smab irão orientar os visitantes sobre a importância de se consumir frutas e verduras, além de estimular as pessoas a reduzir o consumo de sal, açúcar e gordura.

“Infelizmente, a população ainda tem o hábito de não consumir toda a fruta ou verdura, seja colocando no prato mais que o necessário ou, na hora do preparo, descartando partes não convencionais que poderiam ser aproveitadas na refeição”, salienta Alessandra Sutil de Oliveira Kades, da equipe de especialistas da secretaria que estará na ação.

Ela cita, por exemplo, as cascas de frutas e legumes, que têm um alto valor nutricional, inclusive vitaminas e sais minerais, e poderiam virar chás ou farinhas.

Na área dedicada a hortas em pequenos espaços e compostagem, os engenheiros agrônomos da Unidade de Agricultura Urbana da Smab irão ensinar os visitantes a cultivar hortaliças e ervas em vasos, latas e potes.

Será possível ainda aprender a montar um minhocário, sistema de compostagem caseira que transforma resíduos orgânicos produzidos no lar em adubo para hortas domésticas, que depois pode voltar para a cozinha como um novo alimento.

Dia Mundial da Alimentação

Data: 16/10
Horário: das 9h às 18h
Local: Calçadão da Rua XV (Boca Maldita)

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal