A greve e a segurança do transporte de cargas no país

Pedro Ribeiro


 


Embora o ministro da Infraestrutura, Tarcisio de Freitas, não acredite em uma greve geral dos caminhoneiros em função do descontentamento dos profissionais com as constantes altas nos preços dos combustíveis, o presidente da CNT (Confederação Nacional do Transporte), Vander Costa, reuniu-se, nesta terça-feira (26), com o ministro para debater a segurança do transporte de cargas no Brasil em uma eventual paralisação dos caminhoneiros autônomos.
O presidente da CNT reafirmou que a entidade não respalda qualquer movimento grevista por parte desses profissionais. O ministro afirmou que o governo garantirá a segurança nas estradas brasileiras. A CNT, por sua garantiu que não haverá desabastecimento.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="799456" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]