Adele principal vencedora do Grammy dedica prêmio a Beyoncé

Caderno Gente


A cantora Adele foi a grande vencedora dos prêmios Grammy de 2017, durante cerimônia realizada no domingo(12), ficando com as estatuetas de melhor álbum, gravação e canção do ano.

Foi uma vitória surpreendente sobre Beyoncé, em uma noite marcada por declarações políticas e homenagens emotivas.

A britânica de 28 anos venceu nas cinco categorias a que foi indicada, incluindo por seu disco mais recente, “25”, e sua balada “Hello”.

Ela se tornou a primeira artista da história do Grammy a conquistar os três maiores prêmios duas vezes na esteira das honrarias recebidas por seu disco anterior, “21”, em 2012. Além das três categorias principais, ela ficou com melhor álbum pop vocal e melhor performance solo pop.

Beyoncé, 35, chegou à cerimônia como favorita, com 9 indicações pelo contundente “Lemonade”, álbum que aborda raça, feminismo e traição. Caso vencesse pelo disco, a diva receberia seu primeiro Grammy de disco do ano.

Adele, que soma um total de 15 Grammys, disse aos repórteres nos bastidores que “sinto que era a vez de ela (Beyoncé) vencer”. “Minha rainha e meu ídolo é Queen B. Eu te adoro”, disse a cantora britânica à norte-americana, que estava sentada na primeira fileira, ao receber o prêmio. “Não consigo aceitar este prêmio, e me sinto muito humilde e grata. Mas a artista da minha vida é Beyoncé. Este álbum, para mim, o álbum ‘Lemonade’, foi monumental.

Bowie:

David Bowie [1947 – 2016] ganhou, após sua morte. Ele venceu na categoria de melhor performance de rock e melhor canção de rock por “Blackstar”.

O britânico também foi o escolhido nas categorias de melhor pacote de gravação, prêmio compartilhado com o diretor artístico Jonathan Barnbrook, e melhor produção de álbum não clássico, junto com Tom Elmhirst, Kevin Killen, Tony Visconti e Joe Laporta, ambos pelo disco “Blackstar”.

Bowie tinha conseguido em 1984 um Grammy pelo videoclipe de “Jazzin for Blue Jean”, mas nunca tinha sido agraciado nas categorias musicais apesar de sua longa carreira.

Lady Gaga com Metallica e outros Shows:

Outra coisa que chamou a atenção no prêmio, foi a apresentação do Metallica junto com Lady Gaga, o microfone de James Hetfield, do Metallica falhou durante o dueto da banda de heavy metal com Lady Gaga.

Eles cantaram a música “Moth to the flame”, do álbum mais recente do grupo, “Hardwired to self-destruct”. James acabou cantando de rosto colado com Gaga para aproveitar seu microfone durante boa parte da música.

Katy Perry cantou a música “Chained to the rhythm”, com teor político. Bruno Mars, além de apresentação solo, participou de show dedicado a Prince, a segunda homenagem póstuma do Grammy.

O Daft Punk subiu no palco novamente, o grupo estava sumido do prêmio desde 2014. Elesmostraram a parceria com The Weeknd, “Starboy”.

Atos políticos

A cantora Joy Villa usou no tapete vermelho da premiação um vestido com o slogan da campanha do presidente dos Estados Unidos Donald Trump, “Make America Great again” (Faça a America grande novamente).

Claro que a homenagem gerou polêmica, ainda mais quando foi descoberto o fato de que o estilista do vestido é das Filipinas, ou seja uma imigrante!

André Soriano, diz que é fã de Trump, mesmo com a política anti-imigrantes do presidente. O estilista acredita que o trabalho dele pode promover mais amor.

Vestido Trump Grammy

lista dos vencedores da 59ª edição do Grammy Awards:

Disco do ano

Adele – “25”

Música do Ano
Adele – “Hello”

Gravação do Ano
Adele – “Hello”

Revelação
Chance the Rapper

Categorias Pop:

Performance Solo
Adele – “Hello”

Performance de dupla ou grupo
Twenty One Pilots – “Stressed Out”

Álbum pop vocal
Adele – 25

Álbum Pop Tradicional
Willie Nelson – Summertime: Willie Nelson Sings Gershwin

Categorias rock:

Performance Rock
“Blackstar” – David Bowie

Performance Metal
“Dystopia” – Megadeth

Canção de Rock
“Blackstar” – David Bowie

Álbum Rock
Tell Me I’m Pretty – Cage The Elephant

Categoria alternativa:

Álbum de música alternativa
David Bowie – Blackstar

CATEGORIAS R&B
Performance R&B
Solange – “Cranes in the Sky”

Performance de R&B Tradicional
Lalah Hathaway – “Angel”

Música R&B
Maxwell – “Lake By the Ocean”

Álbum ‘urbano’ contemporâneo
Beyoncé – Lemonade

Álbum de R&B
Lalah Hathaway – Lalah Hathaway Live

Categoria rap:


Performance Rap

Chance the Rapper – “No Problem” [ft. 2 Chainz and Lil Wayne]

Performance vocal rap
Drake – “Hotline Bling”

Música Rap
Drake – “Hotline Bling”

Álbum de Rap
Chance the Rapper – Coloring Book

Categoria country:


Performance solo country

Maren Morris

Canção country
“Humble and Kind” – Tim McGraw

Álbum country
A Sailor’s Guide to Earth – Sturgill Simpson

Categoria dance / eletrônica:


Gravação de Dance Music

Don’t Let Me Down” – The Chainsmokers Featuring Daya

Disco de Dance Music/Música Eletrônica
Skin – Flume

Outras categorias:


Disco de world music

Sing Me Home — Yo-Yo Ma & The Silk Road Ensemble

Disco de jazz latino
Tribute to Irakere: Live in Marciac — Chucho Valdés

Videoclipe:

Beyoncé – “Formation”

Filme sobre música
The Beatles – The Beatles: Eight Days a Week The Touring Years

Produtor do ano – não clássico
Greg Kurstin

Previous ArticleNext Article