Adolescente morre após se afogar junto com seu pai em Guaratuba

Mariana Ohde


Pai e filho se afogaram nesta sexta-feira (13) no balneário de Coroados, em Guaratuba. O homem, de 44 anos, foi resgatado e levado de helicóptero até o Hospital Regional de Paranaguá. Seu filho, de 14 anos, não resistiu. Os bombeiros chegaram a realizar os procedimentos de reanimação por cerca de uma hora, mas o jovem morreu na areia.

As vítimas foram atendidas pelos guarda-vidas do Corpo de Bombeiros e a tripulação do helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA)

“O adulto foi retirado da água com parada cardiorrespiratória, recebeu atendimento na areia e foi levado com vida pelo helicóptero do BPMOA para o Hospital Regional de Paranaguá”, explicou a porta-voz do Corpo de Bombeiros, tenente Virgínia Turra.

O menino, porém, teria ficado submerso por 45 minutos até ser encontrado pelas equipes de resgate. “Os bombeiros ficaram aproximadamente 1h20 fazendo manobras de reanimação, inclusive o rapaz voltou a ter batimentos cardíacos, mas acabou piorando e entrou em óbito no local”, disse a tenente Turra.

A área do afogamento é entre dois postos de guarda-vidas, ou seja, não possui um profissional permanentemente, apenas patrulhamento com motos aquáticas e quadriciclos na areia. “Locais sem a presença de guarda-vidas não são indicados para banho e natação, o veranista somente deve entrar no mar nos locais onde há um bombeiro militar e entre as bandeiras vermelha e amarela, que indicam o local seguro”, salientou a tenente Turra.

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="408683" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]