Advogado de Gleisi e Bernardo se entrega à polícia

Redação


Guilherme Gonçalves, suspeito de ser um dos intermediários da propina ao ex-ministro Paulo Bernardo, e advogado da senadora Gleisi Hoffmann, esposa de Bernardo, se entregou neste domingo à Polícia Federal em São Paulo. Ele é o último dos onze alvos da Operação Custo Brasil que tiveram a prisão decretada a ser preso. O advogado estava em Portugal quando a PF realizou a operação na quinta-feira.

De acordo com as investigações, Gonçalves tinha a responsabilidade de receber as vantagens indevidas destinadas ao ex-ministro no esquema da Consist. Nesta segunda-feira, às 14h, ele será ouvido pelo juiz Paulo Bueno de Azevedo, da 6.ª Vara Federal Criminal de São Paulo.

O advogado teria movimentado R$ 7 milhões destinados à Paulo Bernardo. Ele teria criado um “Fundo Consist” que pagou, segundo as investigações, contas do ex-ministro e da senadora Gleisi Hoffmann. Informações com O Globo

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="487198" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]