Advogado mata dois e comete suicídio após desentendimento com vizinhos

Redação


Três mortes marcaram a tarde de domingo (15) em Cascavel, região oeste do Paraná. Após um desentendimento entre moradores do edifício Laury Sonda, no centro da cidade, duas pessoas foram baleadas e morreram. O autor dos disparos, e também morador do prédio, foi encontrado desacordado após atirar contra a própria cabeça, tentando suicídio .

De acordo com informações da polícia, o crime aconteceu após uma briga entre os moradores, motivada por um vazamento de água em um dos apartamentos. As vítimas Luiz Carlos Pasqualini, que era morador do prédio, e o porteiro Cesar Klein morreram na hora. O autor dos disparos, Denis Lisboa Costa, de 40 anos, e também uma das vítimas eram advogados – Pasqualini chegou a atuar como conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Após o crime, o autor dos disparos foi até sua residência, no nono andar, deixou mensagens nos espelhos pedindo perdão para esposa e a filha e disparou contra a cabeça na escadaria de emergência do prédio. Equipes do Siate prestaram atendimento e ele foi encaminhado ao Hospital Universitário, mas não resistiu ao ferimento e morreu no hospital.

Os moradores e a esposa do atirador, que presenciou a tentativa de suicídio, estavam em estado de choque e receberam atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A OAB de Cascavel publicou uma nota de pesar no fim da tarde deste domingo, lamentando a morte de Pasqualini:

“É com imenso pesar que a Ordem dos Advogados do Brasil Subseção Cascavel comunica o falecimento do advogado Luiz Carlos Pasqualini, advogado que por muitos anos atuou como conselheiro da OAB Cascavel, tendo prestado um excelente trabalho em prol da classe. O velório acontece na Loja da Maçonaria, Luz e Fraternidade, Rua Pará, 2414, a partir das 19h. Aos familiares e amigos registramos nossas sinceras condolências”

As câmeras de segurança registraram o crime e a Delegacia de Homicídios vai investigar o caso.

Previous ArticleNext Article