Sem categoria
Compartilhar

Agentes encontram túnel de 10 metros em cela da Penitenciária de Piraquara

A equipe de segurança da Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP1) encontrou um túnel de dez metros de extensão que ia ..

Andreza Rossini - 19 de janeiro de 2017, 18:05

A equipe de segurança da Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP1) encontrou um túnel de dez metros de extensão que ia até um muro externo da unidade, nesta quinta-feira (19). A passagem foi feita pelos presos para fuga.

Os seguranças encontraram resíduos de terra e esgoto na sexta galeria da penitenciária e começaram as averiguações nas instalações. Os detentos foram alojados em outras celas para a realização dos devidos reparos.

Os detentos responsáveis pela fuga vão responder por tentativa de fuga no Conselho Disciplinar da unidade e por dano ao patrimônio público perante a Delegacia de Piraquara. “A descoberta deste túnel, pelos agentes penitenciários da PEP1, frustrou os planos dos detentos de uma fuga. Nossos agentes estão atentos e a segurança nas unidades prisionais de todo o Estado foi reforçado. É mais uma medida preventiva tomada com êxito”, avaliou o secretário da Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita.

No último domingo (15) 28 presos fugiram da penitenciária, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Cinco fugitivos morreram em confronto com a polícia. Até o momento, apenas um detento foi recapturado pela Guarda Municipal, em Quatro Barras, também na RMC. Paulo Cesar Alves, conhecido como Neguinho foi detido na quarta-feira (18).

A quinta galeria B, de onde fugiram os presos, no domingo (15), concentra os presos do Primeiro Comando da Capital, facção que predomina no Paraná. Um dos presos que não conseguiu fugir participou da rebelião mais recente do presídio de Roraima. Ele quebrou o pé ao pular da galeria e voltou para dentro da penitenciária, conforme mostram imagens de câmeras de monitoramento. No total 26 pessoas fugiram.

De acordo com Departamento Penitenciário do Paraná, a ação que resultou na fuga começou por volta das 3h, quando presos da Casa de Custódia de Piraquara iniciaram um tumulto para chamar a atenção dos agentes penitenciários. A Polícia Militar e o Setor de Operações Especiais foram acionados para atender a ocorrência. Perto das 5h30, foram ouvidas duas explosões na Penitenciária Estadual de Piraquara 1 (PEP1) e foram encontrados, mais tarde, um buraco na muralha, por onde os presos tentavam fugir.

Atualmente o Paraná tem 30 mil presos, 20 mil deles no sistema e outros dez mil em carceragens de delegacias.