Ano-novo duplicou mortes nas BRs do Paraná

Julie Gelenski


Com Metro Jornal Curitiba

O fim de ano nas rodovias federais do Paraná na virada para 2017 foi duas vezes mais violento do que havia sido no ano passado. Entre a última segunda-feira de 2016 (26/12) e o primeiro domingo deste ano (1º), houve 17 mortes nas BRs que cortam o estado. Mais do que o dobro dos 8 óbitos no mesmo período no ano passado (28/12 a 3/1).

O recorte de datas foi feito pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) a pedido do Metro Jornal.

A PRF contabilizou 30 mortos desde 23 de dezembro, quando se iniciou a operação nas rodovias. Destas 30 vítimas, metade morreu em 5 acidentes, incluindo uma colisão entre um caminhão e um carro em Goioerê, no Noroeste do estado, que matou cinco pessoas da mesma família no dia 31.

A PRF destacou excesso de velocidade, embriaguez e falta de cinto de segurança, além de excesso de lotação e transporte de crianças sem cadeirinha, como os principais fatores que elevaram o número de vítimas fatais.

Rodovias estaduais A PRE (Polícia Rodoviária Estadual) informou que houve 69 acidentes nas rodovias estaduais entre a última sexta (30/12) e ontem.

No período foram registrados 6 mortos e 72 feridos nas ocorrências, uma delas sendo um atropelamento.

Previous ArticleNext Article