Artista visual une música e artes plásticas

Guilherme Grandi


Com Metro Jornal

A mostra “Exposição de Colagens”, do artista visual e músico Roberto Mattar, acaba de estrear no Restaurante Mezanino das Artes.

Natural de Maringá, Roberto teve contato com a arte desde cedo, inspirado pelo trabalho de seu pai, o plástico Zanzal Matar.

Desde 2004, o músico trabalha com pintura em tela e, desde 2008 vem realizando inúmeros trabalhos com painéis, colagens, pinturas, esculturas e troféus.

Em “Exposição de Colagens”, Roberto usa técnicas de colagem para dar vida às mais diversas cores e formas, inspirado pela música.

O artista contou ao Metro Jornal que o diálogo da linguagem entre a música e as artes visuais já lhe é natural. “São obras com uma tonalidade um pouco abstrata, exceto as reproduções de violões, que têm uma concepção mais cubista. As obras retratam algo que tem a ver com a música através das linhas, cores e formas. Eu comparo as notas com os tempos e os ritmos de uma partitura”.

A mostra segue em exibição até 15 de outubro.

Previous ArticleNext Article