Sem categoria
Compartilhar

Cartas de amor de Carmen Miranda se misturam com o terror em LovLovLov

Diz o ditado que cada escolha é uma renúncia, e que o amor não é para todos (felizmente ou infelizmente, dependendo do s..

Guilherme Grandi - 15 de março de 2017, 09:00

LovLovLov conta as histórias das cartas de amor não correspondido de Carmen Miranda. (foto: Elenize Desgeniski/divulgação)
LovLovLov conta as histórias das cartas de amor não correspondido de Carmen Miranda. (foto: Elenize Desgeniski/divulgação)

Diz o ditado que cada escolha é uma renúncia, e que o amor não é para todos (felizmente ou infelizmente, dependendo do seu ponto de vista). No entanto, na peça LovLovLov, que estreia no Festival de Teatro de Curitiba no dia 29 de março dentro do Fringe, o público já precisa tomar uma decisão logo que entra no teatro: o lado A ou o B.

Isso porque o espaço onde a montagem é encenada é dividido em duas partes no "Museu de Cera dos Carnes". Os dois atores contam as cartas de amor escritas por Carmen Miranda, ícone da cultura brasileira na primeira metade do século passado e idolatrada pelo movimento tropicalista. Mas, a peça não é uma biografia da arista. A diretora Isabel Teixeira explica que "fizemos uma pesquisa sobre a vida de Carmen, sobre as cartas dela, e foi ficando algo muito interessante". "Toda a dramaturgia foi feita por nós todos juntos", completa.

A peça tem pouco mais de uma hora de duração e é dividida em "cinco choques", como os organizadores preferem chamar. "Na vitrine do que é criado para o consumo, os Carnes mergulham numa viagem humana e pessoal: sofrem por um amor não correspondido e transitam por diversas paisagens e patologias da paixão", conta Fernando Proença. "No fundo, a essência da peça é o amor", completa.

Além das oito apresentações da peça, também serão realizadas as "Ações LovLovLov", com quatro oficinas sobre o processo de criação da cena. Beto Bruel, Edith de Camargo, Isabel Teixeira e Fernando de Proença, Diego Marchioro e Cindy Napoli realizarão, entre prática e teoria, encontros que pensam a cena e sua construção a partir da experiência vivida na criação do trabalho, além de um diálogo com a equipe sobre processo de criação. A participação é gratuita e as inscrições devem ser feitas através do site da companhia.

Serviço:

LovLovLov

Estreia dia 29, às 19h, no Centro Cultural SESI Heitor Stockler de França

Av. Marechal Floriano Peixoto, 458, Centro.

Outras apresentações: dia 30, às 17h e 19h; dia 3, 4 e 5, às 19h; e dia 6, às 17h e 19h.

No dia 5 haverá um bate-papo com os criadores, às 20h.

Informações: 41 3322-2111

Entrada gratuita

Ações LovLovLov

Também no Centro Cultural SESI Heitor Stockler de França

Av. Marechal Floriano Peixoto, 458, Centro

- Oficina de Iluminação com Beto Bruel

Quinta, dia 23, às 14h e 18h.

- Oficina de Produção, com Diego Marchioro e Cindy Napoli

Sexta, dia 31, às 14h e 18h.

- Oficina de Som, criação autoral e sonoplastia com Edith de Camargo

Terça, dia 4 de abril, às 14h 18h.

- Oficina de Dramaturgia com Isabel Teixeira e Fernando de Proença -

“A escrita na cena“

Sexta, dia 7, e sábado, dia 8, às 14h e 18h.

Oficinas gratuitas.