Casal é preso ao tentar comprar carro com documentos falsos

Mariana Ohde


Um casal suspeito por estelionato foi preso em flagrante na tarde de quarta-feira (11), no momento em que tentava aplicar um golpe para retirar um veículo de uma concessionária, localizada no bairro Alto da XV. A prisão foi realizada pela equipe de investigação da Delegacia de Estelionato (DE), em atendimento a uma denúncia.

Raimundo Nonato Pereira da Silva, de 24 anos e Tânia Regina Travassos, de 44 anos, utilizavam documentos falsos para fazer a negociação do carro. Os suspeitos moram em Joinville (SC) e estavam na cidade apenas para praticar o crime, conforme relataram à equipe.

O gerente da loja entrou em contato com a especializada após receber uma ligação do banco, alertando-os que os dados enviados pelos suspeitos poderiam ser falsos. E ainda os chamou atenção para uma venda realizada há um mês, em que um Pálio branco seminovo foi financiado, pois as referências utilizadas naquela venda eram as mesmas desta.

Durante as diligências, os policiais constataram que se tratava de uma quadrilha. Ao lado de fora da concessionária, duas pessoas estavam em um Pálio branco – comprado há um mês, também através de um golpe – esperando o casal. Porém, fugiu ao perceber a presença dos investigadores no local. O condutor do veículo já foi identificado pela equipe.

Na delegacia o casal confessou o crime, porém não sabiam onde a documentação falsa tinha sido feita, eles apenas deram as fotos. Disseram ainda que foram convidados a participar do esquema, em troca de mil reais. O valor do prejuízo causado para a empresa até o momento é de R$32 mil, devido ao veículo que a quadrilha conseguiu retirar há um mês.

O casal encontra-se preso na Delegacia de Estelionato, onde aguarda a disposição da Justiça. Eles responderão por estelionato, associação criminosa, uso de documento falso e falsidade ideológica. As investigações continuam no intuito de localizar e prender as demais pessoas

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal