Sem categoria
Compartilhar

Castanhera ainda responde à Justiça de Campo Largo

Enquanto teve um dos procedimentos arquivados no caso da confusão em que se envolveu na disputa pela utilização de uma c..

Roger Pereira - 22 de setembro de 2016, 22:31

Enquanto teve um dos procedimentos arquivados no caso da confusão em que se envolveu na disputa pela utilização de uma casa que tinha em comodato em condomínio pertencente à família do empresário Luiz Mussi, o policial civil Antônio Gabriel Castanheira Júnior ainda responderá a outros cinco procedimentos junto à Justiça Estadual de Campo Largo, conexos à mesma situação.

O juiz Marcos Antônio da Cunha Araújo arquivou o inquérito que apurava a suposta prática de crime de explosão e disparo e porte de arma cometido pelo policial, mas recebeu, do Juizado Especial da Comarca, cinco outros processos – todos por ameaça – que lá tramitavam. Isso porque, acolhendo manifestação do Ministério Público, o Juizado Especial, entendeu que os cinco casos são conexos e a soma dos valores das causas ultrapassa a competência do Juizado Especial. Assim, Castanheira passará a responder por crime de ameaça na Vara Criminal de Campo Largo.