Com foro privilegiado, senadora paranaense dá de ombro às denúncias

Redação


Ficou delicada a situação da senadora paranaense, Gleisi Hoffmann, por ter cometido corrupção passiva e lavagem de dinheiro, segundo denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Como a petista vai, agora, defender a presidente Dilma e o PT no Senado se ela mesmo está na linha de tiro da Operação Lava Jato. Bem, como todos sabem e conhecem, ela é tinhosa e deverá dar de ombros para essas denúncias pois, afinal, tem imunidade parlamentar e, nas próximas eleições deverá se candidatar a deputado federal e manter o foro privilegiado. É assim que funciona no Brasil.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="487063" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]