Decoração é confundida com feto e mobiliza polícias e IML no PR

Fernando Garcel


Moradores de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), acionaram a polícia e o Instituto Médico-Legal (IML) para recolher um suposto feto encontrado em um pote de vidro na manhã desta segunda-feira (19). O objeto, na verdade, se trata de um artigo de decoração.

A Polícia Militar, Polícia Civil e uma equipe do IML foram acionadas para atender ao caso no bairro Capela Velha. Os moradores acreditavam que se tratava de um feto humano jogado em um terreno baldio, apesar da aparência “estranha”. O objeto foi recolhido pelo IML de Curitiba para perícia.

Ocorre que o objeto, na verdade, é um artigo de decoração vendido em lojas de rock e que pode ser encontrado com facilidade na internet.

Nas redes sociais, o fato virou piada. “Enquanto isso na Rússia brasileira, por isso que amo meu paranazão (sic)”, “ET em conserva!”, “meu filho tem esse negócio de gosto duvidoso”, comentam internautas.

 

 

 

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="485088" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]