Delator acusa Requião nas investigações da Operação Publicano

Redação


 

O delator Luiz Antonio de Souza, preso na Operação Publicano e que teria dado ao governo do Estado duas fazendas – que não eram dele – para quitar sua dívida com a justiça, acusa, agora, em delação premiada, o ex-governador e senador Roberto Requião. Segundo ele, Requião era um dos líderes do esquema de desvios de Conselho de Contribuintes e Recursos Fiscais. Em reportagem publicada nesta segunda-feira, a Folha de São Paulo diz que, em vídeo, o delator afirma que na gestão do Requião, de 20o3 a 2010, o Conselho era o lugar do acerto dos fiscais. Conforme a Folha, o delator fiscal afirma que o então governador “mandava o fisco bater (na porta dos contribuintes), e ele (Requião) defendia  e o contribuinte dava o dinheiro.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="487225" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]