Dez candidatos disputam governo do Paraná

Thiago Machado - Metro Curitiba


Depois de intensas negociações na noite de domingo (05), o partidos divulgaram ontem (06) os últimos candidatos escolhidos para a disputa ao governo do estado neste ano. São dez nomes e a novidade do dia foi a candidatura de Ogier Buchi pelo PSL, sigla de Jair Bolsonaro. O vice é Doutor Caxias Ribas, do Patriota.

A dupla garante ao menos um palanque para a campanha de Bolsonaro no Paraná. Durante passagem por Curitiba em março, o presidenciável declarou que é “simpático” a Ratinho Junior (PSD) mas o candidato ao governo, apesar de agradecer, não retribuiu ao apoio oficialmente.

No último fim de semana a coligação de Ratinho decidiu apoiar Professor Oriovisto (Pode) ao Senado, o que pode aproximar o grupo de Alvaro Dias.

MDB

Também nesta segunda-feira (06) o MDB realizou um evento público, no hotel Boubon, para anunciar sua chapa completa. A desistência de Osmar Dias (PDT) na sexta-feira, fez com que os aliados se unissem em torno de João Arruda (MDB). “Em quatro dias conseguimos formar uma coligação de quatro partidos”, destacou o candidato.

Ele se apresenta como uma “terceira via” no Estado, argumentando que os dois outros principais rivais (Ratinho Junior e Cida Borghetti) participaram do governo Beto Richa (PSDB). “As pesquisas mostram que mais de 50% diziam não ter em quem votar nesse ano. Agora têm”, disse.

João também disse que Ciro Gomes terá “palanque forte” na coligação.

Propaganda:

Com o quadro fechado, Cida Borghetti deve ter o maior tempo de televisão no Paraná, com 3 minutos dos 9’ reservados para a propaganda de governadores. Já Ratinho terá direito a cerca de 2’30 e João Arruda a 1’50. Doutor Rosinha (PT) fica com cerca de 1’, e o resto dos candidatos terá menos de 15 segundos. O cálculo final será feito pela Justiça Eleitoral depois dos registros das candidaturas no dia 15 de agosto.

O prazo para a escolha dos candidatos se encerrou no domingo e a entrega das atas das convenções foi feita até ontem. Ainda é possível a troca de candidatos, mas neste caso é preciso que eles desistam da disputa. A escolha dos substitutos recairá sobre a direção nacional dos partidos.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="542776" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]