Sem categoria
Compartilhar

Dois foragidos da Pane Seca se apresentam à polícia

Dois homens que estavam foragidos desde a deflagração da Operação Pane Seca se apresentaram na noite de segunda-feira (2..

Mariana Ohde - 29 de março de 2017, 07:10

Dois homens que estavam foragidos desde a deflagração da Operação Pane Seca se apresentaram na noite de segunda-feira (27) no Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), unidade de elite da Polícia Civil do Paraná.

Eles são suspeitos de envolvimento no esquema criminoso de fraude em abastecimento de combustível investigado na operação. Agora, são oito os detidos na ação policial e quatro permanecem foragidos.

A operação foi deflagrada no último sábado (25), pelo Departamento de Inteligência do Estado do Paraná (Diep). A fraude consistia na instalação de dispositivos nas bombas que interrompiam o fluxo de combustível sem interromper a medição da quantidade de litros a ser paga pelo consumidor.

Assim, a quantidade de combustível que, de fato, era colocada nos automóveis era de 6% a 8% menor do que a registrada nas bombas. Estes dispositivos, segundo a investigação, poderiam ser ativados remotamente – o que dificultava a atuação dos órgãos fiscalizadores.

Ainda de acordo com a investigação, um dos homens que se entregou seria dono de quatro postos de gasolina onde foi detectada a fraude na quantidade de combustível que entrava no tanque dos veículos. Além disso, laudos mostram que foi encontrado metanol na gasolina e uma quantia de álcool superior à permitida por lei. O segundo homem preso seria um dos responsáveis pelo sistema de adulteração da placa instalada nas bombas.

A prisão deles é temporária e válida por cinco dias, podendo ser prorrogada por igual período ou convertida em preventiva.