Sem categoria
Compartilhar

Dois policiais civis são presos em operação doDiep acusados de integrar quadrilha

Uma quadrilha suspeita de tráfico de drogas, extorsão, concussão, roubo, furto, estelionato e receptação foi presa nesta..

Julie Gelenski - 09 de dezembro de 2016, 08:48

Uma quadrilha suspeita de tráfico de drogas, extorsão, concussão, roubo, furto, estelionato e receptação foi presa nesta sexta-feira (9) em uma operação deflagrada pelo Departamento de Inteligência do Estado do Paraná (Diep). A “Operação Cartigat” resultou na prisão de oito pessoas suspeitas de envolvimento com a organização criminosa, entre elas dois policiais civis.

A ação reuniu cerca de 70 policiais civis e militares e aconteceu em Curitiba, Piraquara e Pinhais, na região metropolitana. Foram cumpridos sete mandados de prisão e 14 de busca e apreensão. A operação contou com a participação de policiais do Diep, do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), a unidade de elite das polícias civil e militar, respectivamente, além da Corregedoria da Polícia Civil e do Grupamento de Operações Aéreas.

Durante seis meses policiais do Diep monitoraram a atuação desta quadrilha. Existia um núcleo principal, que contava com a participação de três pessoas, das quais um deles uma era um policial civil. A este núcleo somavam-se outros membros responsáveis por indicar pessoas em situações irregulares a fim de que a organização criminosa pudesse praticar roubos, concussões e extorsões.