Eleições para a Federação de Skate do Paraná acontece no sábado; chapa de oposição vai ganhando força

Redação


As eleições para a Federação de Skate do Paraná (FSP) acontecem no próximo sábado (15). Por enquanto, há sinalização de três chapas para a disputa – as inscrições delas devem até às 18h da sexta-feira (14). Os vencedores serão os responsáveis pela FSP de 2019 até 2022.

Entre elas, o Movimento Skate, Ordem e Progresso vai ganhando destaque por ser oposição da gestão atual – marcada pelo afastamento do então presidente Adalto Elias Pereira por suspeita de exploração sexual de adolescentes. O pedido foi feito pelo Ministério Público do Paraná (MPPR) no início de setembro depois três vítimas (adolescentes de 15 a 17 anos) terem sido identificados.

Apoiada por nomes importantes da história do skate paranaense, como Marco Imaguire, o Maguila da MAHA, o movimento é liderado por Fernando Johnson. Aos 57 anos, ele busca com seus colegas uma recuperação da modalidade, que passou a fazer parte do programa olímpico e fará sua estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

De acordo com a chapa, Paraná conta hoje com poucas pistas aptas para treino, principalmente na capital, além de “pouco ou nenhum” incentivo para os atletas, como no caso do skate feminino. Para as mulheres, inclusive, algumas das propostas são a categorização nos campeonatos e criação de um comitê para as atletas paranaenses. Entre outras ideias para a próxima gestão, está o incentivo do skate em escolas e faculdades, comunidades carentes, e até mesmo a criação de um centro de treinamento olímpico.

“Curitiba é celeiro de grandes skatistas. Vamos ver se em 10 anos voltamos a ser a potência que merecemos ser. Vamos fazer isso se fortalecer em busca de um skate maior. O nome da chapa não é por acaso, vamos aproveitar o momento de patriotismo da galera”, diz o candidato à presidência. Segundo Johnson, o skate ainda foi marginalizado no estado pelas pessoas passarem a atrelar a modalidade com drogas. “Equilíbrio no skate não combina com droga. A droga não é coisa do esporte, é de sociedade. Vamos colocar tudo isso em discussão, falar da formação de atleta e cidadão”, rechaça ele.

As votações acontecem na Câmara Municipal de São José dos Pinhais, com 20 Associações tendo direito à voto para definir a próxima gestão da FSP. A primeira chamada às 14h e o evento ainda terá uma prestação de contas da diretoria atual.

Previous ArticleNext Article