Emater faz seminário para debater plantio direto na palha

Mariana Ohde


A Emater, em parceria com a Unioeste e Secretaria Municipal da Agricultura e do Meio Ambiente de Marechal Cândido Rondon, promovem, em Marechal Cândido Rondon, no dia 21 de Junho, o seminário “Qualificação da semeadura na palha para uma agricultura mais sustentável”.

Pela manhã, o professor Dr. Emerson Fey, da Unioeste, vai falar sobre a regulagem de máquinas e equipamentos como fator de eficiência no plantio direto. O também professor da Unioeste, Paulo Sérgio Rabello de Oliveira, vai tratar dos sistemas integrados de produção agropecuária.

À tarde, o engenheiro agrônomo da Emater de Tupâssi, Ênio Bragagnolo, fará a palestra “Entendendo a agricultura de precisão”. O extensionista da Emater, o técnico agrícola Claudemir Luiz Todescatt, tratará dos custos na produção de grãos.

Marechal Cândido Rondon foi o berço da tecnologia do plantio direto na palha. Foi lá pelo início da década de 80. Hoje, como acontece em todo o estado, o município enfrenta problemas com a aplicação da tecnologia, principalmente causados pelo aumento do tamanho das máquinas, fator que estimula os produtores a rebaixar, aumentar o espaçamento ou até eliminar os terraços de contenção das águas das chuvas. Isso, aliado a uma prática de manejo inadequado do solo e falta de rotação de culturas tem provocado a volta do fenômeno da erosão.

O Seminário tem como objetivo discutir essa realidade com os produtores e apresentar soluções técnicas para enfrentamento da dificuldade.

Saiba mais no site da Emater.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="481260" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]