Empresário paulista deve R$ 6,9 bi ao governo e não é incomodado

Redação


 

O Fantástico (Rede Globo) deste domingo me chamou a atenção a pergunta de um dirigente sindicalista rural, quando sustentou que a entidade não arreda o pé em relação à aposentadoria do trabalhador rural. Ele perguntou: como é, hoje, a aposentadoria de um deputado federal ou senador, ou seja, quanto tempo eles levam para se aposentar e quanto ganham?

Um parlamentar, que ganha R$ 33 mil se aposenta ao 60 anos ou com 30 anos de contribuição, só que a cada ano são incorporados, ao seu salário, R$ 965. Portanto, o senador ou deputado ganha em um ano o que o trabalhador rural leva a vida toda para ganhar com aposentado.

Me chamou também a atenção, hoje, reportagem de capa do Estadão: o tamanho do buraco provocado pela sonegação fiscal, que, se fosse combatida, daria para contribuir com o rombo de mais de R$ 75 bilhões da Previdência Social.

Hoje, o volume de dinheiro devido à União que deixa de entrar para os cofres públicos já ultrapassou a barreira de R$ 1 trilhão, o que representa cinco vezes mais do que o rombo no orçamento este ano, com um deficit fiscal previsto de R$ 170 bilhões.

No topo da lista dos grandes sonegadores entre as pessoas físicas aparece Laodse de Abreu Duarte, um dos diretores da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), com uma dívida de R$ 6,9 bilhões, maior do que a dos governos da Bahia, de Pernambuco e de outros 16 Estados individualmente.

A soma dos valores devidos por empresas e pessoas físicas para o governo federal não inclui dívidas previdenciárias, do FGTS e dos casos em que há suspensão de cobrança por determinação judicial _ ou seja, o tamanho do rombo causado pelos sonegadores é ainda muito maior. Entre os maiores devedores são citadas empresas de ponta do PIB nacional como a Vale, a Carital Brasil (antiga Parmalat) e a estatal Petrobras.

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="487254" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]