Encontro Estadual do Café debate sustentabilidade da produção

Mariana Ohde


420 entre produtores e técnicos participaram, nesta quarta-feira (5), do 25º Encontro Estadual do Café, na Expolondrina. O secretário estadual da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, também esteve presente. No encontro, foram debatidas as necessidades de adoção das boas práticas de produção, como condição para o produtor garantir a qualidade de sua produção e acessar o sistema de certificação na produção de café.

Também foram entregues 12 mil pacotes de 250 gramas de cafés especiais a 11 entidades patrocinadoras do 14º Concurso Café Qualidade Paraná, encerrado nesta quarta-feira. A Secretaria estadual da Agricultura investiu R$ 60 mil na compra de cafés especiais dessa edição do concurso, com recursos dos patrocinadores que agora recebem a devolução em forma de cafés especiais, de acordo com a cota adquirida.

Ao final do encontro, foi lançada a data de premiação do 15º Concurso Café Qualidade, que vai acontecer em outubro no município de Jacarezinho.

Essa é a quinta vez que a Secretaria da Agricultura faz a entrega de cafés especiais aos patrocinadores do concurso Café Qualidade Paraná. Nesse processo, os cafés são comprados de produtores premiados nos concursos estaduais do primeiro ao quinto lugar das três categorias de premiação e depois são torrados, moídos e empacotados para entrega aos patrocinadores.

Para possibilitar essa entrega, foram compradas 65 sacas de café premiado no concurso realizado no ano passado, cujo valor variou de R$ 780,00 a R$ 1.200,00 a saca, que correspondeu, em média, ao dobro dos preços do café praticados no mercado.

Foram contemplados os patrocinadores Faep, Ocepar, Fetaep, Itaipu, Banco do Brasil, Sicredi, Fiep, Sebrae, BRDE, Sanepar e Cooperativa Integrada, de Londrina. O café comprado foi torrado e moído na torrefadora da cooperativa Cocamar, de Maringá.

Gourmet

Segundo Paulo Franzini, secretário-executivo da Câmara Setorial do Café e membro da organização do concurso Café Qualidade Paraná, o café especial distribuído este ano é considerado café gourmet, de qualidade excepcional proporcionado também pelo clima que favoreceu a cultura colhida no ano passado.

Franzini alerta aos produtores interessados em participarem do 15º Concurso Café Qualidade que devem preencher as fichas de inscrição disponibilizadas em instituições como Emater, cooperativas, sindicatos e associações de suas regiões e seguirem o regulamento para a pré-seleção das amostras de café que devem ser entregues no Centro de Qualidade do Café, do Iapar, até 15 de setembro deste ano.

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="480928" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]