Estrada da Graciosa requer reparos e poderá haver riscos de deslizamentos e rompimento da pista

Redação


Foto; Correio Atlântico
Foto; Correio Atlântico

Leitor da coluna, engenheiro rodoviário, nos escreve para fazer um alerta: a centenária estrada da Graciosa (PR-410), que liga Curitiba a Morretes e ao litoral, está prestes a entrar em colapso e, com o início das chuvas, provavelmente a partir de outubro, certamente haverá problemas com deslizamento, a exemplo do que aconteceu em 2014. O engenheiro diz que percorreu todo o trecho neste final de semana e pontuou fários focos com problemas, principalmente com buracos no trecho central e defeitos nas canaletas. As canaletas, diz ele, estão danificadas e a erosão poderá provocar rompimentos na pista de rolamento. Para ele, seria prudente que o DER, responsável pela manutenção da estrada, enviasse um geólogo para analisar o solo o que, consequentemente, poderá evitar danos. Para lembrar, os deslizamentos, com rompimento da pista, ocorridos em 2014, levaram mais de seis meses para ser normalizados, o que causou sérios danos à região.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="487295" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]