Sem categoria
Compartilhar

Eu não sou gato de Ipanema, sou bicho do Paraná nesta semana em Curitiba

Curitiba receberá ao longo desta semana as gravações de um videoclipe que integrará o documentário "João Lopes - Bicho d..

Guilherme Grandi - 15 de maio de 2017, 00:01

A música se tornou uma espécie de &quothino não oficial do Paraná&quot, e ficou conhecida nacionalmente em uma campanha publicitária do antigo Banco Bamerindus.
A música se tornou uma espécie de &quothino não oficial do Paraná&quot, e ficou conhecida nacionalmente em uma campanha publicitária do antigo Banco Bamerindus.

Curitiba receberá ao longo desta semana as gravações de um videoclipe que integrará o documentário "João Lopes - Bicho do Paraná", que contará a história do autor da música “Bicho do Paraná”, considerada o hino não-oficial do estado.

As filmagens ocorrerão a partir desta segunda (15) e contarão com a participação de artistas locais, como a cantora Rogéria Holtz, a Banda Blindagem, o contrabaixista Glauco Solter e a Banda Djambi. Além da capital, a equipe passará por Ponta Grossa, no dia 18, Paranaguá, no dia 20, e Ilha do Mel, no dia 21. Lopes, autor da canção, acompanhará as filmagens.

A produção mostrará a trajetória do artista nascido em Califórnia, no Norte Pioneiro do estado, acompanhando a infância, a vida na estrada como hippie nos anos 1970 (quando percorreu o Brasil e sobreviveu do artesanato), e a descoberta pelo grande público com a consagração da música “Bicho do Paraná”, na década de 1980.

Ouça a música, que se consagrou como "hino não oficial do Paraná":

O diretor do documentário, Vander Colombo, lembra que "o estouro da composição ocorreu depois de ser adotada pela campanha do extinto Banco Bamerindus, em 1985, e ficou no ar por 13 anos". No entanto, a carreira do artista vai muito além dessa música. Lopes é um dos representantes do “rock rural”, estilo que tinha Sá, Rodrix e Guarabyra e Kleiton e Kledir entre os seus expoentes.

Para recontar a carreira do compositor, o documentário trará depoimentos de amigos, parceiros e admiradores famosos, como Almir Sater, Luiz Melodia e o sertanejo Leonardo. As entrevistas farão parte da segunda etapa do projeto e estão previstas para junho.

O longa-metragem tem previsão de lançamento em 2018, com exibição local e nacional. O videoclipe faz parte da primeira etapa de produção, que percorrerá no mês de maio algumas das principais cidades do estado para mostrar as belezas e os diferentes estilos musicais que compõem a nossa cultura. Entre eles estão o tamanco, o acordeão, o rock, o jazz e o blues.