Sem categoria
Compartilhar

Ex-integrantes do Dire Straits tocam em Curitiba nesta quarta (10)

Para alegria dos fãs da extinta banda inglesa Dire Straits, os caras voltaram com tudo à ativa. Ou, ao menos, parte dele..

Guilherme Grandi - 10 de maio de 2017, 12:00

Os remanescentes do Dire Straits tocam em Curitiba em maio. [foto: divulgação]
Os remanescentes do Dire Straits tocam em Curitiba em maio. [foto: divulgação]

Para alegria dos fãs da extinta banda inglesa Dire Straits, os caras voltaram com tudo à ativa. Ou, ao menos, parte deles. Mais de vinte anos após o anúncio da última turnê, Phil Palmer, Alan Clark, Danny Cummings, Mel Collins, Andy Treacey, Mickey Feat, Primiano Dibiase e Marco Caviglia decidiram se reunir para honrar o legado do grupo.

Nasceu daí o projeto Dire Straits Legacy, que roda o mundo desde 2013. A banda chega ao Brasil em maio para uma série de shows, incluindo Curitiba nesta quarta (10). Trata-se da primeira turnê internacional da banda, que vem lotando teatros e arenas europeias. A formação original do Dire Straits se desfez em 1991, logo depois de sua última excursão artística mundial, intitulada "On every street". O vocalista Mark Knopfler continuou no showbiz em carreira solo.

A primeira turnê da Dire Straits Legacy – que teve uma formação de Phil Palmer, Pick Withers, Danny Cummings, Jack Sonni, Mel Collins, Marco Caviglia, Primiano Dibase e Maurizio Meo – foi um sucesso incrível com cinco shows esgotados na Itália.

Em uma segunda turnê, John Illsley e Steve Ferrone se juntaram à banda para nove shows em teatros incríveis e a cerimônia final do 97o Giro d'Italia que reuniu 20 mil pessoas aplaudindo o grupo. E agora, depois de muitos pedidos para o projeto tocar em outros países, a turnê internacional chega ao Brasil.

dire straits legacy 2

Quem são os remanescentes da Dire Straits?

Phil Palmer - guitarras e vocais

Phil se uniu ao Dire Straits em 1990 e tocou na banda durante a turnê mundial. Ele é um dos maiores guitarristas do mundo, tendo tocado em mais de 450 álbuns, e excursionou com uma lista de alguns dos maiores artistas do mundo. Ele também foi membro da banda de Eric Clapton junto com seus colegas do DS Legacy Alan e Steve.

Alan Clark - piano, órgão Hammond e teclados

Alan entrou para Dire Straits em 1980, tornando-se o primeiro e principal tecladista em tour e gravações. Ele também co-produziu On Every Street com Knopfler. Ele tocou e gravou com muitos outros artistas e foi membro da banda de Eric Clapton por diversos anos, enquanto Dire Straits fez uma pausa. Também foi o diretor musical de Tina Turner no melhor momento de sua carreira.

Danny Cummings - percussões e vocais

Danny juntou-se ao Dire Straits como seu percussionista em 1990 e tocou no álbum On Every Street, assim como na turnê. Fora de Dire Straits, ele trabalhou com muitos grandes artistas, incluindo Tina Turner, George Michael, Bryan Adams, Pino Daniele, e foi o baterista em Mark Knopfler durante vários anos.

Mel Collins - sax

Mel entrou para Dire Straits em 1982 e tocou nos álbuns e nas turnês Love Over Gold e Twisting by the Pool. Ele também tocou com uma enorme lista de artistas e bandas, incluindo Rolling Stones, Camel, Eric Clapton, Joe Cocker, Tears for Fears e muitos outros. Como membro original de King Crimson, fez recentemente uma turnê mundial com a banda.

Andy Treacey - bateria

Como um dos bateristas mais bem sucedidos do Reino Unido, Andy fez turnês e gravou durante os últimos 20 anos com muitos artistas, tocando em locais intimistas, arenas e estádios, e trabalhando como músico de sessão em alguns dos estúdios mais famosos em todo o mundo. Ele é mais conhecido por seu trabalho como baterista e MD para o imensamente para as turnês internacionais de Faithless, Moby, DJ Fresh, Groove Armada, Dido, Robbie Williams, M.J.Cole, As Sementes de Raios, Ronnie Wood, John Squire (Rosas de Pedra), Galliano e a banda de Frank Zappa.

Mickey Feat - baixo

Mick tem um longo histórico de estúdio e créditos ao vivo que incluem David Gilmour, Van Morrison, Arte Garfunkel, Alvin Lee, Barry Gibb e Justin Hayward. Ele foi apresentado em muitos best-sellers na icônica Island, gravadora de seu tempo como baixista da empresa. Trabalhou extensivamente em projetos solo de Mark Knopfler e foi caracterizado no trabalho ganhando o Grammy de Mark com Tina Turner e Willy De Ville.

Primiano Dibiase - teclados

Também um romano, Primiano é um procurado e talentoso tecladista que já tocou em muitos discos e com muitos artistas, incluindo Richard Bennett, Steve Phillips, Gigi Proietti e Neri Marcorè.

Marco Caviglia - voz e guitarra

Apaixonado pela música de Dire Straits e seu mentor musical Mark Knopfler, Marco, nascido em Roma, formou a banda Solid Rock em 1988, e em 1990 excursionou com o lendário bluesman do Notting Hillbillies, Steve Phillips. Mas seu sonho era brincar com seus heróis do Dire Straits, e esse sonho se tornou realidade em 2010 com a Dire Straits, e agora com o fantástico line-up que é o Dire Straits Legacy.

Os ingressos para o show do Dire Straits Legacy começam a ser vendidos nesta terça (4) pelo DiskIngressos.

Serviço:

"Dire Straits Legacy"

Quarta, dia 10 de maio, às 23h30, na Live Curitiba

Rua Itajubá, 143, Portão

Ingressos a partir de R$ 110.

Censura: 18 anos

41 3315-0808