Ex-ministro Alceni Guerra lança livro – relatos de poder e injustiça – leitura obrigatória

Pedro Ribeiro


Por Alceo Rizzi

O livro lançado pelo ex-ministro da Saúde e amigo Alceni Guerra é de causar indignação e revolta ao relatar episódios de sua trajetória, nos fragmentos de sua memória de homem público influente do primeiro governo eleito democraticamente, após a ditadura militar.

Dois sentimentos que se unem para expressar a deplorável delinquência e injustiça no massacre que sofreu e que eliminou sua ascensão política de homem público, de formação cristã humanitária, e que fez pela Saúde pública do País e dos brasileiros o que poucos conseguiram ou tiveram capacidade de realizar, mesmo em governos sucedâneos e pretensamente de esquerda.

A começar pela coragem de criar, por sua então autoridade o Sistema Único de Saúde (SUS) com a contribuição abnegada de centenas de representantes da área, hoje um símbolo de nossos maiores orgulhos.

Um político de centro direta, médico pediatra, de dignidade humana, exposta em um livro pungente, envolvente e comovente. Para quem sofreu inocente, junto com sua família, a perversidade da maldade deliberada, há no livro uma franciscana renúncia ao ressentimento e à mágoa de quem parece estar muito bem e em paz com sua consciência. Poucos podem ter esse privilégio. Livro para ler de uma pegada.

 

Alceo Rizzi é jornalista

 

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal
[post_explorer post_id="770521" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]