Ex-prefeito é preso acusado de agiotagem no Paraná

Francielly Azevedo


O ex-prefeito de Ipiranga, Roger Selski, foi preso preventivamente na última quinta-feira (30). Ele é acusado pelos crimes de agiotagem, extorsão e lavagem de dinheiro.

Selski foi preso, pela Polícia Civil, em sua residência em Ponta Grossa, nos Campos Gerais. Além do mandado de prisão, os policiais cumpriram outros quatro mandados de busca e apreensão na região.

As investigações iniciaram há um mês, para apurar um crime de extorsão que estava sendo cometido por um homem suspeito de se passar por policial civil. O rapaz foi foi preso na última semana.

De acordo com a Polícia Civil,  o ex-prefeito se utilizava de terceiros, inclusive do falso policial, para fazer cobranças indevidas de agiotagem mediante a ameaças. “Constatamos isso através de áudios e conversas em celulares apreendidos no curso das investigações”, explicou o delegado titular da unidade, Guilherme Luiz Dias.

De acordo com o delegado, além dos crimes de extorsão, agiotagem e lavagem de dinheiro, o ex-prefeito de Ipiranga também será investigado por uma suposta encomenda de homicídio contra o promotor de Justiça da cidade. “Conforme o que foi apurado até o momento, o homem estava tentando contratar uma pessoa para praticar o crime em troca de R$20 mil em dinheiro”, afirma o delegado.

Selski nega todos os crimes pelos quais está sendo investigado e alegou ainda que sofre de perseguição política. Ele permanece preso.

Previous ArticleNext Article
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.
[post_explorer post_id="422545" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]