Exposição na PUC apresenta trajetória do Santo Sudário

Guilherme Grandi


Desde o começo deste mês a PUCPR recebe a exposição internacional “Quem é o homem do Sudário”, mostra dividida em cinco fases e que se estende até o dia 3 de junho. A exposição já percorreu vários países e conta com uma réplica do Sudário de Turim em tamanho original.

A peça de linho leva a imagem de um homem com ferimentos que sugerem que o santo foi crucificado, e é um dos objetos mais estudados da história por conta de sua datação e da sua possível relação com a crucificação de Jesus Cristo.

A mostra, que tem a curadoria do padre Alexandre Paciolli, conta com réplicas de elementos datados da antiguidade, como a tumba, pregos, flagelos, a coroa de espinhos e moedas originais
da época da Palestina. Também estão presentes na exposição mais de 30 painéis que mostram estudos sobre o lençol sepulcral (pano que supostamente teria envolvido Jesus Cristo), o percurso histórico do Santo Sudário e a desmistificação do teste Carbono 14, método usado para descobrir a idade de seres vivos com até 50 mil anos.

A réplica em tamanho real de Sudário de Turim foi feita pelo italiano Luigi Enzo Matei, e a exposição pertence à Comunidade Olhar Misericordioso.

Serviço:
“Quem é o homem do Sudário”
Em cartaz no Centro Cultural PUCPR
Rua Imaculada Conceição, 1155, Prado Velho
Entrada gratuita.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="5410" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]