Família ocultou feto de filha engravidada pelo irmão, diz polícia

Narley Resende


Um casal e o filho de 20 anos foram presos na zona rural de Palotina, no Noroeste do Paraná, após o rapaz ter engravidado a irmã mais nova, de 14 anos, e enterrado o feto de 8 meses abortado em casa.

As prisões ocorreram na última quinta-feira e foram divulgadas ontem pela polí- cia. Segundo a delegacia do município, o aborto foi denunciado por terceiros que relataram um “parto caseiro” de uma menor, feito sem assistência médica.

De acordo com a polícia, o jovem de 20 anos engravidou a irmã mais nova e enterrou ele mesmo o feto nas proximidades da casa.

O pai de 44 anos, a mãe de 46 e o filho foram ouvidos na delegacia. A mãe nega envolvimento, o pai afirmou que tinha conhecimento e o filho não só reconheceu que teve relações com a irmã menor como levou os investigadores ao local onde enterrou o feto, que já estava em decomposição quando foi encontrado.

“Vamos apurar a participação de cada um tanto no abuso sexual da menor quanto no aborto”, diz o delegado Aldair Oliveira.

A vítima está sob cuidados do Conselho Tutelar do município.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="421704" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]