Filhotes e pequenos animais dão show de fofura na Expolondrina

Jordana Martinez


Além dos animais de leite e corte, das novas tecnologias no campo e dos shows que atraem multidões, os filhotes e pequenos animais são atração à parte na ExpoLondrina.  O visitante pode apreciar a beleza e delicadeza de pássaros de diversas espécies, coelhos, além de lhamas, faisões, pavões e cães de várias raças. Nesta edição são cerca de 600 animais.

“A exposição de pequenos animais contempla os visitantes que não têm vínculo com o meio rural, principalmente as crianças, que podem comprar os filhotes”, afirma Valéria Nogueira, integrante da diretoria Jovem da SRP.

No pavilhão estão expostas sete lhamas. O criador Davi Lima dos Santos afirma que a ExpoLondrina é uma ótima oportunidade para divulgação e vendas.

“É um animal para ornamentar propriedades e hotéis fazendas e de fácil manejo”, explicou.

Pela segunda vez o criador Renato Kenzo Sato traz à ExpoLondrina mais de 20 espécies  de pássaros australianos e brasileiros. Entre elas,  rosela, ring neck, red rump, além de calopsita e canário.

No seu espaço estão expostos também coelhos, porquinhos da índia, hamster e chinchila.  Assim como outros expositores, Sato afirma que a ExpoLondrina é ótima oportunidade para divulgar os animais e realizar vendas. “Tenho espécies que custam de R$ 20 a R$ 3 mil”, diz.

Tatiane Araújo expõe filhotes de pequinês, sharpei, buldogue francês, sptiz alemão, pinscher, poodle, shitzu, lhasa apso, maltês, chow chow, rotweiller, border collie e outras raças.  O criador Mariel Boico vem de Santa Helena, no oeste do Estado para divulgar e vender pavões e faisões.

“É uma feira com bastante público. Para mim, vale a pena também comercialmente”, avalia.

Veja a reportagem da TV Tarobá:

 

 

Pavilhão de Animais Pequenos é o lugar da fofura na ExpoLondrina (Foto: Reprodução/ TV Tarobá)

Pavilhão de Animais Pequenos é o lugar da fofura na ExpoLondrina (Foto: Reprodução/ TV Tarobá)

Cantinho dos filhotes

Pra quem gosta de animais, é impossível não se apaixonar.  No espaço, há raças diferentes e poucos comuns, como o cão de crista chinês, que é peladinho e tem pelos apenas no topo da cabeça, na ponta do rabo e nas patinhas.  As crianças ficam encantadas e não conseguem olhar só de longe. Querem brincar e chegar bem pertinho.

Pavilhão de Animais Pequenos é o lugar da fofura na ExpoLondrina (Foto: Reprodução/ TV Tarobá)

Pavilhão de Animais Pequenos é o lugar da fofura na ExpoLondrina (Foto: Reprodução/ TV Tarobá)

Pavilhão de Animais Pequenos é o lugar da fofura na ExpoLondrina (Foto: Reprodução/ TV Tarobá)

Pavilhão de Animais Pequenos é o lugar da fofura na ExpoLondrina (Foto: Reprodução/ TV Tarobá)

 

Previous ArticleNext Article
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.
[post_explorer post_id="1505" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]