Gerente de oficina é baleado durante assalto em Cascavel

Mariana Ohde


Um assalto terminou com uma pessoa em estado grave em Cascavel. O roubo, que aconteceu durante a tarde de sexta-feira (6), foi esclarecido esclarecido cerca de duas horas depois da ocorrência, com a identificação de três pessoas envolvidas no assalto e a prisão de uma delas. Paulo César de Toni, de 25 anos, foi detido pelo Grupo de Diligências Especiais (GDE) da 15ª Subdivisão Policial (SDP) de Cascavel, em sua residência no bairro Faculdade, momentos após o crime.

O assalto aconteceu no bairro Parque São Paulo, quando dois homens armados invadiram uma oficina de baterias, deram voz de assalto, rendendo todas as pessoas que estavam no local. Durante a ação criminosa, o gerente do estabelecimento, que chegou na loja durante a ação dos suspeitos, reagiu ao assalto e foi atingido com vários disparos de arma de fogo. A vítima foi socorrida e encaminhada ao hospital em estado grave.

Os suspeitos fugiram do local levando o valor de aproximadamente R$ 5 mil do estabelecimento. Investigações apuraram também que os suspeitos saíram da loja de a pé e entraram em um Corcel I preto, conduzido por uma terceira pessoa que aguardava os assaltantes para dar fuga. No percurso das investigações, os policiais do GDE localizaram Toni como proprietário do Corcel I. Ao ser questionado pela polícia, o suspeito alegou que não teve participação no crime e que apenas havia dado carona a um amigo que estava em companhia de uma outra pessoa.

Wilson Cesar de Lima, o “Nerso”, de 19 anos e Fábio Vanelli, de 20 anos, são os outros dois suspeitos de participar do crime. Eles já foram reconhecidos pelas vítimas através de fotografias e permanecem foragidos. Toni responderá por roubo agravado. O GDE de Cascavel durante as diligências contou com o apoio do Serviço Reservado (P2) da Polícia Militar, que contribuiu para o andamento das investigações.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal