Governador vai endoidar as birutas e o Flightrador no Paraná

Pedro Ribeiro

Ratinho Junior durante inauguração do programa Voe Paraná

Agora só faltam voos de Curitiba a Piraquara com escala em Pinhais. O governador Ratinho Junior popularizou os céus do Paraná, como garotos do interior, felizes, soltando pipa. Com os novos programas de voos regionais, a capital ficou mais próxima do interior e as birutas dos pequenos aeroportos voltarão a desenhar os caminhos do vento. E o aplicativo flightrador24 nos informará sobre o congestionamento de aeronaves.

Na semana passada, dois potentes jatos de água batizaram simbolicamente as primeiras aeronaves que partiram com voos de Curitiba para o Interior do Estado inaugurando oficialmente o programa Voe Paraná. O voo 5545 partiu às 12h15min com destino à Guaíra, na região Oeste. O 5555 foi para União da Vitória, no extremo sul do Paraná. Antes disso, uma aeronave saiu de Campo Mourão, no Centro-Oeste, rumo à capital.

Tem voo para todos os cantos e é claro que não poderia faltar uma linha para Francisco Beltrão, terra do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano. Os deputados Luiz Cláudio Romanelli também facilitou suas visitas à sua base eleitoral, Cornélio Procópio, o mesmo acontecendo com Hussein Bakri a União da Vitória que receberá voo regional depois de 50 anos.

 

Apenas 25 minutos

A nova linha aérea ligando Curitiba e Francisco Beltrão, no Sudoeste, terá forte impacto na economia da região. Campo Mourão, reduto do deputado federal Rubens Bueno,  também está na rota com voos para Curitiba.

O novo voo entre Paranaguá e Curitiba dura apenas 25 minutos, mas conecta o principal porto do Estado e um dos maiores em movimentação de cargas do País a qualquer destino no mundo. Serão seis voos semanais (três de ida e três de volta), nas terças, quintas e sextas.

O polo moveleiro de Arapongas, principal do Paraná e um dos mais importantes do País, deverá alavancar ainda mais negócios com a nova linha aérea ligando o município a Curitiba e facilitando o acesso a grandes centros nacionais. A linha faz parte do programa Voe Paraná, do Governo do Estado e foi inaugurado nesta quarta-feira (23)

Os três voos semanais diários entre Curitiba e Telêmaco Borba vão ajudar o novo ciclo de crescimento da cidade, que será impulsionado pelos investimentos de R$ 9,1 bilhões da Klabin na ampliação da fábrica de Ortigueira, cidade vizinha. Serão criados mais de 11 mil postos de trabalho na região nos próximos anos.

Os mais de 500 quilômetros que separam Curitiba de Cianorte, no Noroeste, agora podem sumir em pouco mais de 1h40 em uma viagem de avião. A partir desta quarta-feira (23), a cidade passou a receber três voos semanais do programa Voe Paraná, iniciativa do Governo do Estado em parceria com a Gol.

O primeiro voo de Curitiba para Paranavaí decolou às 13h10 desta quarta-feira (23) e pousou no município 1h45 depois, recolocando a cidade da região Noroeste no mapa da aviação regional. Os voos entre as duas cidades serão sempre no período da tarde, às 13h10, às segundas, quartas e sextas. O trajeto contrário será nos mesmos dias, às 15h15.

O Voe Paraná reconectou 12 cidades do Interior a Curitiba. É o maior programa de aviação regional da Gol no País. Serão 67 voos semanais neste primeiro momento, com possibilidade de aumentar o fluxo em função da demanda e do ingresso de Apucarana e Guarapuava na lista.

O Voe Paraná também vai impulsionar o turismo local. O destaque na cidade é o tradicional Festival de Música e Poesia de Paranavaí (Femup), reconhecido nacionalmente no circuito cultural. Iniciado em 1966 como uma simples apresentação escolar de poesia e música, ganhou forma e fama para atrair artistas de várias partes do País.

Maior malha aérea regional da Gol do País

O programa Voe Paraná foi estruturado para incentivar a aviação regional no Estado. A Gol e a empresa de táxi-aéreo TwoFlex oferecem ligação aérea partindo e chegando a doze municípios que têm entre 32 mil e 155 mil habitantes. Foram contemplados Paranaguá, Arapongas, Campo Mourão, Francisco Beltrão, Paranavaí, Cianorte, Telêmaco Borba, Cornélio Procópio, União da Vitória, Apucarana, Guarapuava e Guaíra.

O programa opera com aeronaves Cessna Grand Caravan, com até 12 lugares (nove passageiros e três tripulantes). Nesta semana começaram a funcionar 67 voos semanais para dez cidades, mas até dezembro Apucarana e Guarapuava também ganharão voos semanais.

A Gol oferta 14 mil assentos por dia no Estado, 4º maior do País, atrás apenas de São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal. Entre as cidades de maiores destinos estão Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Porto Alegre, Foz do Iguaçu, Maringá e Cascavel. A companhia ainda conta com voos regulares para Londrina.

 

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal